A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

30/07/2012 16:25

Ladrões usaram coletes da PF para fazer bloqueio e atacar ônibus

Nadyenka Castro

Vítimas disseram à Polícia Civil que bandidos estavam em carros de luxo e fortemente armados

Ônibus assaltados na noite de domingo na BR-267. (Foto: Cipó)Ônibus assaltados na noite de domingo na BR-267. (Foto: Cipó)

Bandidos que atacaram quatro ônibus de turismo na noite desse domingo, em Bataguassu, a 335 quilômetros de Campo Grande, usavam coletes da PF (Polícia Federal) e fizeram bloqueio. Nenhum suspeito foi preso.

Conforme registro policial, os coletivos saíram da Capital (dois) e de Dourados (dois) com lojistas que fariam compras em São Paulo.

Os ônibus se encontraram em um restaurante às margens da BR-267, no distrito de Casa Verde, Nova Andradina. Os passageiros fizeram refeição no local e de lá saíram juntos à capital paulista.

Na altura do quilômetro 77 da rodovia o comboio parou porque havia bloqueio semelhante a feitos por policiais: cones, veículos com giroflex, homens com colestes balísticos escrito Polícia Federal e armados com pistolas, metralhadoras e fuzis.

Os passageiros contaram à Polícia Civil que dois homens entraram em cada ônibus e primeiramente afirmaram ser policiais e que procuravam drogas. Minutos depois, anunciaram o roubo. Neste momento, os passageiros começaram a viver momentos de terror.

O comboio foi levado até estradas em meio a canaviais, às margens da BR. Lá, os comerciantes tiveram dinheiro, celular, objetos pessoais e até a roupa do corpo roubada. Muitos foram deixados só com peças intimas.

Após o roubo, os assaltantes trancaram as vítimas no bagageiro e mandaram que saíssem de lá só após duas horas.

Furos na lataria dos ônibus permitiam a entrada de ar no local. Os passageiros obedeceram a ordem dos bandidos e depois de algumas horas conseguiram sair e pediram ajuda.

À Polícia Civil foi informado que 94 pessoas foram vítimas da ação. Conforme relato delas, os assaltantes, de 10 a 15, ainda tinha rádios transmissores e entre os veículos utilizados estavam Honda Civic de cor preta, Saveiro de cor prata e Corolla de cor preta.

Nenhum suspeito foi preso, nem identificado. Também não foi encontrado nenhum veículo. Para a Polícia, a demora no aviso do crime facilitou a fuga dos assaltantes. Um deles tinha sotaque paranaense.

Fazem buscas na região a Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal e PRF (Polícia Rodoviária Federal). O helicóptero da PRF também é utilizado.

Empresa não se manifesta sobre assalto a comboio de ônibus
Dona dos ônibus assaltados em Bataguassu, a Master Turismo informou à reportagem do Campo Grande News que, no momento, cuida do ocorrido e não vai se...
Idoso morre no hospital três dias após confusão com policiais militares
Após três dias internado na Santa Casa, José Caetano dos Santos, de 75 anos, morreu. Vítima de um tiro de borracha efetuado por um policial militar d...



Demora no aviso?? MENTIRA minha esposa que estava no ônibus conseguiu me avisar as 19:40 logo que ônibus foi abordado e não foi tomada nem uma providencia por parte das policias civil, militar, federal. com certeza tem policia metida no meio, e tem mais os assaltantes ficaram sabendo logo depois que a policia tinha sido avisada, como é que eles ficarão se estavam isolados, isso ta muito esquisito!
 
Jose Roberto em 01/08/2012 02:19:19
agora so vai ter peão
furando barragem, por causa do medo de ser roubado
 
Gilberto DIAS em 31/07/2012 03:10:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions