A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

25/02/2019 09:16

Mãe que matou o filho e diz não se arrepender fica em liberdade

Eliane Romero, de 38 anos, desferiu vários golpes de faca no filho; ela disse que queria só assustá-lo, mas não se arrepende do crime porque o rapaz a roubava; “perdi tudo por causa dele”

Helio de Freitas, de Dourados
Local onde corpo de rapaz foi encontrado ontem à tarde, em Dourados (Foto: Sidnei Bronka/94 FM)Local onde corpo de rapaz foi encontrado ontem à tarde, em Dourados (Foto: Sidnei Bronka/94 FM)

A mulher que matou o próprio filho a facadas na tarde de ontem (24) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai responder pelo crime em liberdade. Eliane Romero, 38, disse que tinha intenção de apenas dar um susto no filho Clodoaldo Romero Ramires, mas não se arrepende do crime: “ele me roubava”.

O crime ocorreu ao lado do anel viário que separa o perímetro urbano da reserva indígena de Dourados, na região norte da cidade. O corpo do rapaz de 18 anos foi encontrado nos fundos do residencial Monte Carlo.

Detida por lideranças da aldeia Bororó no período do flagrante, Eliane foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), prestou depoimento sobre o caso, foi indiciada e liberada para responder pelo crime em liberdade.

Ainda embriagada quando chegou à delegacia, Eliane disse que o filho a roubava constantemente e que perdeu tudo por causa dele. “Ele me roubou duas bicicletas, uma que ganhei do meu irmão, e um celular. Até minha casa perdi por causa dele”, afirmou ela em entrevista à rádio Grande FM.

A mulher afirmou que pretendia apenas dar um susto no filho e o golpeou no braço. “Não sabia que tinha matado. Me arrepender, não me arrependo, não. Ele me roubava”, repetiu Eliane.

Ao Campo Grande News, a Polícia Civil informou que a autora não foi autuada em flagrante por ter se apresentado na delegacia.

O delegado plantonista a indiciou pelo crime a colocou em liberdade. Entretanto, a liberdade não impede que haja, posteriormente, pedido de prisão preventiva dela.

Eliane chega à delegacia conduzida por lideranças da aldeia Bororó (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Eliane chega à delegacia conduzida por lideranças da aldeia Bororó (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions