ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Mais de 1 milhão de hectares do Pantanal já foram destruídos por chamas

Equipes combatem incêndios florestais por terra e ar, mas fogo segue em direção à serra do amolar

Por Ana Oshiro | 25/09/2021 15:30

O pantanal segue em estado de alerta com o fogo se alastrando cada dia mais, mesmo com brigadistas combatendo as chamas por terra e ar. No vídeo acima é possível ver dois desses momentos, quando vários homens, por terra, tentam apagar as chamas, e um avião descarregando água para resfriar a área.

De acordo com o Lasa - Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais do Departamento de Meteorologia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) - mais de um milhão de hectares do pantanal foram destruídos pelas chamas neste ano.

"Desse total são 221.850 hectares no pantanal do Mato Grosso, e a maior parte, 934.275 hectares da área pantaneira de Mato Grosso do Sul, totalizando então 1.156.125 hectares de área do pantanal queimada", disse Alexandre Pereira, analista ambiental do Ibama Prevfogo de MS.

O combate às chamas está sendo realizado por 14 brigadistas do Prevfogo, vários brigadistas voluntários e pelo menos três ONGs (Organizações não Governamentais), entre elas o Ecoa (Ecologia e Ação), o WWF Brasil (World Wide Fund for Nature) e o IHP (Instituto do Homem Pantaneiro).

Duas aeronaves atuam no combate lançando água para resfriar o solo, enquanto os brigadistas abafam a vegetação e abrem valetas para tentar barrar o fogo subterrâneo. Caminhões pipas também estão sendo utilizados. Segundo Alexandre, as principais frentes do incêndio, que ameaçam a serra do amolar, estão sendo controladas, mas o fogo ainda ameaça a região.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário