A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/04/2016 09:26

Mais quatro “mulas do tráfico” são presas transportando maconha em ônibus

Três menores de idade e uma mulher foram presos ontem na região de fronteira com o Paraguai; adolescentes levavam droga para São Paulo para pagar dívida em “boca de fumo”

Helio de Freitas, de Dourados
Policial do DOF observa mala com maconha em bagageiro de ônibus (Foto: Divulgação)Policial do DOF observa mala com maconha em bagageiro de ônibus (Foto: Divulgação)

Mais quatro pessoas foram presas nos últimos dois dias na fronteira com o Paraguai transportando pequenas quantidades de maconha em ônibus que fazem a linha entre as cidades da região e os grandes centros brasileiros.

Chamados de “mulas do tráfico” por serem contratados por valores baixos para transportar drogas, os três menores de idade e uma mulher foram descobertos por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira). Entre os presos estão dois adolescentes que faziam o serviço para pagar a dívida que têm em uma “boca de fumo” em São Paulo.

Na BR-463, município de Ponta Porã, os policiais do DOF flagraram um adolescente de 17 anos, morador em Jatai (GO), que transportava 20 quilos de maconha no bagageiro de um ônibus que seguia para Campo Grande. O rapaz disse que pretendia lucrar R$ 1.500 vendendo a droga diretamente para usuários, em sua cidade.

No mesmo bloqueio, os policiais descobriram dois adolescentes, de 15 e 16 anos de idade, que levavam 22 quilos de maconha divididos em duas malas. Moradores no Estado de São Paulo, eles contaram que compraram a droga em Ponta Porã para levar às cidades de Urânia e Fernandópolis, no interior paulista. Um deles disse que aceitou o serviço para pagar uma dívida de R$ 1.500 com um traficante, que teria o ameaçado de morte se não aceitasse a missão.

Para pagar a formatura – Monica Garcia Souza, 34, moradora em São Paulo (SP), foi presa na BR-463 quando viajava em um ônibus que liga Bela Vista à capital paulista. Ela transportava 11 quilos de maconha e disse aos policiais que receberia R$ 600 pelo serviço. Com o dinheiro, pretendia pagar a formatura no segundo curso superior que está concluindo.

Ela foi encaminhada para a Polícia Civil em Ponta Porã para ser autuada flagrante por tráfico de drogas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions