ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Menino de 7 anos é baleado por atirador enquanto brincava em quintal

Vítima precisou passar por cirurgia, mas já está em casa; polícia procura pelos suspeitos

Por Bruna Marques | 17/04/2024 10:06
Criança com curativo na mão após passar por cirurgia (Foto: Arquivo pessoal)
Criança com curativo na mão após passar por cirurgia (Foto: Arquivo pessoal)

Menino de 7 anos levou um tiro na mão, enquanto brincava no quintal da casa do pai com os primos. Os suspeitos de atirarem passaram pelo local em carro branco. O fato ocorreu no fim de semana, na Vila Juquita, em Maracaju, distante 159 quilômetros de Campo Grande.

Conforme apurado pela reportagem, após ser atingido pelo disparo, o menino foi socorrido pelo pai e encaminhado ao pronto-socorro. Ele precisou passar por cirurgia, para retirar a bala que ficou alojada em sua mão. Apesar da gravidade do ferimento, a vítima não ficou em estado grave e já recebeu alta do hospital.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, por volta das 15h40, na Rua Mário Silva. Os familiares disseram que o menino brincava no fundo de casa, quando ouviram os barulhos dos tiros e, em seguida, o garoto começou a chorar.

De acordo com o delegado Pedro Luis de Paiva Brandão, até o momento foi apurado que o tiro partiu de um veículo Volkswagen Gol, ocupado por três pessoas. “Estamos em diligências ininterruptas e as investigações prosseguem para identificarmos os suspeitos”.

O Campo Grande News conversou com a tia do menino e ela explicou que o fundo da residência onde a vítima brincava é fechado com zinco, justamente para as crianças não irem para a rua. “Quem passou, passou atirando no zinco. Não sabemos de nada, nem o motivo. Estamos todos em choque, as crianças estavam brincando no domingo à tarde. O que aconteceu foi inexplicável e procuramos respostas”, revelou.

Menino passou por cirurgia para retirada da bala (Foto: Arquivo pessoal)
Menino passou por cirurgia para retirada da bala (Foto: Arquivo pessoal)

Apesar do susto, ela agradece pelo milagre de o menino estar vivo. “Meu sobrinho teve um livramento, poderia ter sido algo pior”, expôs.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias