ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  05    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Comerciantes vão apresentar a ministros plano de reabertura da fronteira

Visita está marcada para a próxima terça-feira e comerciantes esperam convencer governo paraguaio

Por Gabriel Neris e Helio de Freitas, de Dourados | 04/06/2020 21:59
Comerciantes participaram de carreata pedindo reabertura da fronteira (Foto: Capitan Bado)
Comerciantes participaram de carreata pedindo reabertura da fronteira (Foto: Capitan Bado)

Victor Barreto, presidente da Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero, na divisa com Ponta Porã, informou que está prevista a visita de três ministros paraguaios na fronteira na próxima terça-feira (9). Os comerciantes esperam convencer o governo paraguaio com um plano de reabertura flexível que consiste unificar as duas cidades em relação as medidas sanitárias para evitar a disseminação da covid-19.

Nesta semana foi realizado um simulação de barreira para entrega de mercadorias por compras feitas por redes sociais e entregues aos consumidores do lado brasileiro, enquanto a fronteira não é reaberta.

A estimativa é a de que cerca de 5 mil empresas podem fechar as portas com a fronteira fechada diante da pandemia do novo coronavírus. Autoridades de Ponta Porã também devem participar da conversa.

Os estabelecimentos comerciais reabriram no dia 25 de maio, mas com a fronteira fechada, não podem vender para o lado brasileiro, principal consumidor.

A simulação da barreira sanitária para entrega de compras na linha internacional ocorreu na quarta-feira e prevê regras de segurança para quem entregar as compras e também para o consumidor.

Os comerciantes também participaram de carreata, dos dois lados, manifesto a favor da reabertura da fronteira. Os acessos dentre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero estão bloqueados por militares e cerca de arame farpado.