ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Miranda tem extensa agenda para celebrar 240 anos nesta segunda-feira

Programação teve início no dia 7 de julho e prossegue até dia 29 com eventos esportivos, entrega de obras e show musicais. Confira.

Anahi Gurgel | 15/07/2018 08:35
Praça de Miranda ao entardecer. Cidade completa 240 de emancipação amanhã (16). (Foto: Rodrigo Catelani/fotosdemiranda.blogspot)
Praça de Miranda ao entardecer. Cidade completa 240 de emancipação amanhã (16). (Foto: Rodrigo Catelani/fotosdemiranda.blogspot)

O município de Miranda comemora seu 240º aniversário nesta segunda-feira (16) com uma extensa programação que, aliás, teve início no dia 7, com eventos esportivos, entrega de obras, homenagens e shows musicais. A agenda prossegue por mais 14 dias e inclui até torneio de sinuca e truco.

Para hoje (15), a patir das 23h, está marcado um show da dupla Fred & Gustavo, no Parque de Exposições e Eventos, com entrada franca.

Para amanhã, está prevista a tradicional Alvorada, às 6h, com passeio pelas ruas da cidade. Às 8h haverá campeonato de futebol amistoso, no Piranhão e, às 9h, o hasteamento de bandeiras na Praça Agenor Carrilho.

Também na praça, estão programados o Desfile Cívico Escolar, para 16h, e show pirotécnico às 19h. Já o show com Conrado e Aleksandro acontece às 23h, no parque de exposições.

Até o dia 29 serão realizados ainda inaugurações de obras, Cavalgada Ecológica e o disputado torneio de sinuca e truco no ginásio de esportes, dentro da 36ª Mirancopa. 

História - Miranda é um dos municípios mais antigos de Mato Grosso do Sul. Foi fundado em 1778 a partir da construção do Presídio Nossa Senhora do Carmo do Rio Mondego, construído pelo governador-general Caetano Pinto de Miranda atendendo a pedido do então “capitão das conquistas” João Lemes do Prado.

A meta era defender a região contra ataques dos chamados bandoleiros, como eram conhecidos os castelhanos de Assunção.

Em 1835, o local passou a se chamar Nossa Senhora do Carmo de Miranda. Foi em 1857, quando Francisco Rodrigues do Prado conseguiu, por aprovação de lei provincial, transformar a localidade em vila já batizada de Miranda – uma homenagem ao ex-governador que iniciou a construção do presídio.

Em 1865, a Guerra do Paraguai devastou a vila, que foi sendo reconstruída ao longo de sua história.

Nos siga no Google Notícias