ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Motociclista que matou mulher paga fiança e responderá por crime em liberdade

Suspeito pagou valor de R$ 1.412, foi solto e vai responder por homícidio culposo

Por Bruna Marques | 21/04/2024 17:40
Vítima foi socorrida ainda na pista, mas não resistiu aos ferimentos. (Foto: Leandro Holsback)
Vítima foi socorrida ainda na pista, mas não resistiu aos ferimentos. (Foto: Leandro Holsback)

Motociclista suspeito de matar atropelada Maricléia Benites da Silva, 46 anos, na rodovia estadual MS-156, em Dourados, distante 251 quilômetros de Campo Grande, pagou fiança no valor de R$ 1.412, foi solto e vai responder pelo crime em liberdade. O acidente ocorreu na sexta-feira (19), enquanto atravessava a rodovia estadual.

A vítima voltava para casa, na Reserva Indígena de Dourados, quando o acidente de trânsito aconteceu. O homem foi indiciado pelo crime de homicídio culposo.

Conforme apurado pelo site Ponta Porã News, apesar de alguns trechos da rodovia conter quebra-molas, os moradores reclamam da alta velocidade em que os condutores de veículo passam pelo local.

“Muitas vezes temos que atravessar a rodovia correndo para não sermos atingidos. Tem trecho que também tem luminárias apagadas”, reclamou uma moradora da Reserva Federal.

O caso - Um homem e uma adolescente estavam no veículo, sendo o adulto resgatado com ferimentos leves e a menina em estado de saúde considerado grave. Ambos foram encaminhados ao Hospital da Vida.

Equipes da Polícia Civil estiveram no trecho onde aconteceu a colisão para realizar os levantamentos acerca do acidente que terminou com a morte de Maricléia. A PM (Polícia Militar) também esteve no local.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias