A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

10/07/2015 23:58

Motoristas pegam desvio para escapar de interdição da BR-163

Thiago de Souza

Motoristas que trafegam pela BR-163, sentido Campo Grande-Coxim, precisam pegar um desvio por uma estrada de terra que vai para Rio Negro, e de lá seguir em direção ao norte do Estado. Caso contrário terão de esperar por tempo indeterminado até que um guindaste que quebrou em cima da ponte enquanto fazia retirada de uma carreta tombada seja retirado. O trecho interditado liga São Gabriel do Oeste a Rio Verde, distante 207 km de Campo Grande.

Karla Lyara é cerimonialista e jornalista. Ela conta que saiu de Campo Grande às 13h e só chegou em Coxim por volta das 21h30. “Foi tenso. Ficamos parados umas seis horas”, reclamou a jornalista.

Ela e demais motoristas não aguentaram esperar a desobstrução da via e preferiram pegar desvio por Rio Negro para chegar em Coxim.

Lyara faz um alerta em relação a movimentação de veículos na região da interdição. “Os carros estavam pegando o desvio e não tinha sinalização. Não tinha fiscalização, nem a PRF. Vinha carro na mão dupla e pista estreita. As carretas em alta velocidade”, alertou a jornalista.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o guindaste tombado pertence à seguradora da carreta que estava tombada desde quinta-feira (9) no acostamento da rodovia. A PRF informou que ainda não havia previsão para liberar a pista.

A CCR MSVia informou que as equipes da concessionária trabalham para liberar a pista o mais breve possível.

Guindaste quebra em cima de ponte, causa congestionamento e situação é tensa
Guindaste quebra em cima da ponte enquanto fazia serviço de retirada de uma carreta tombada em ribanceira da BR 163, no km 649, interditando totalmen...
Homem é morto com quatro tiros por dupla em motocicleta
Homem de 51 anos foi assassinado com pelo menos quatro tiros, na noite desta terça-feira (19), por volta das 19h30, em frente a sua residência, local...
Analista do TJMS é denunciada por esquema de falsificação de documentos
Seis pessoas incluindo uma analista jurídica da 4ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul foram denunciados pelo MPF (Ministério Púb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions