A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017

03/03/2015 15:19

MPE recomenda que prefeitura contrate funcionários para completar equipe

Priscilla Peres

Para completar a equipe que atua no CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) de Cassilândia - distante 418 km da Capital, o Ministério Público do Estado recomendou que a prefeitura nomeie e contrate três funcionários, sendo dois orientadores sociais e um auxiliar administrativo.

A recomendação foi feita pela promotora de Justiça de Cassilândia, Aline Mendes Franco Lopes à Secretaria Municipal do Bem-Estar Social de Cassilândia. As contratações precisam ser feitas de acordo com as orientações técnicas estabelecidas pela Secretaria Nacional de Assistência Social e exigidas pela Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social).

Segundo o MPE, para fazer a Recomendação, a Promotora de Justiça levou em consideração que chegou ao conhecimento da Promotoria de Justiça, através do Relatório Técnico de Monitoramento elaborado pela Setas, que a equipe do CREAS de Cassilândia é composta por um coordenador, um assistente social, um psicólogo e um advogado.

Dessa forma, "falta à composição mínima da equipe dois orientadores sociais e um auxiliar administrativo". Essa deficiência foi comprovada pela Promotoria de Justiça.

A Constituição Federal preceitua que a assistência social será prestada a quem dela necessitar e tem entre seus objetivos a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice, o amparo às crianças e adolescentes carentes e a habilitação e reabilitação de pessoas portadoras de deficiência e a promoção de sua integração à vida comunitária.

Procurada pelo Campo Grande News, a equipe do Creas informou que já foi notificada pelo Ministério Público e que a prefeitura está tomando as medidas necessárias para a contratação dos funcionários.

 

Carro é abandonado com mais de 400 kg de maconha
Um carro Ford Ka prata com placas de Dourados, foi encontrado na manhã deste domingo (28) abandonado na rua Benjamin Constant em Rio Brilhante, a 163...
Pescadores do Paraná são multados em R$ 5,3 mil por pesca ilegal em rio de MS
A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou quatro pessoas, três deles do Paraná, por pesca ilegal durante fiscalização no rio Ivinhema, ocorrida de sáb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions