A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

16/12/2016 17:49

Na contramão, vereadores reajustam salários do prefeito, vice e secretários

Paulo Nonato de Souza
A sessão extraordinária hoje na Câmara de Ribas do Rio Pardo foi realizada em clima tenso (Foto: Kleber Souza)A sessão extraordinária hoje na Câmara de Ribas do Rio Pardo foi realizada em clima tenso (Foto: Kleber Souza)

Em tempos de crise e de congelamentos de salários no serviço público em todo o Brasil, os vereadores de Ribas do Rio Pardo, distante 97 Km de Campo Grande, optaram por seguir na contramão das recomendações sobre redução de gastos.

Em sessão extraordinária nesta sexta-feira, eles aprovaram um aumento de 28,75% no salário do prefeito, e ainda reajustaram os salários do vice-prefeito em 50% e dos secretários municipais em 37% para a gestão que terá início a partir de 01 de janeiro de 2017.

Com a aprovação do projeto de autoria do Legislativo, apresentado em 21 de novembro como substitutivo ao projeto de lei 011/2016, que o Executivo apresentou e depois retirou de pauta, o salário do futuro prefeito de Ribas saltará dos atuais R$ 15.563,05 para R$ 20.037,42. Já o vice-prefeito irá receber salário de R$ 10.018,71, e os secretários municipais passarão a receber R$ 7.388,34 mensais.

Ao mesmo tempo em que aprovaram por 8 votos a favor e dois contra o reajuste salarial do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, os vereadores rejeitaram por unanimidade o projeto de iniciativa popular que pede a redução dos salários do prefeito, vice e vereadores para R$ 1.364,46, mesmo valor do salário de um professor em início de carreira no município.

João Alfredo Danieze, de camisa azul, no momento em que era retirado do plenário (Foto: Kleber Souza)João Alfredo Danieze, de camisa azul, no momento em que era retirado do plenário (Foto: Kleber Souza)

“Vou discutir judicialmente esse reajuste salarial. O projeto de lei do Legislativo apresenta vários equívocos e iremos questionar cada um deles. Por exemplo, foi apresentado e aprovado em menos de um mês, sem nenhuma transparência”, disse o advogado João Alfredo Danieze, um dos líderes do movimento popular que reuniu 781 assinaturas e foi apresentado na Câmara Municipal em 01 de novembro deste ano, 20 dias antes da apresentação do projeto do Legislativo aprovado hoje.

Durante a sessão, realizado em clima tenso, Danieze acabou retirado do plenário por policiais. Segundo ele, a pedido do presidente da Câmara, o vereador Sebastião Roberto Collis, do PSDB. “Eu só estava tentando falar da importância do projeto de iniciativa popular para o nosso município, aí o presidente da Câmara chamou a PM para me retirar do recinto”, disse ele.

A Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo está em recesso desde a última terça-feira, dia 13. Dos 11 legisladores da Casa, apenas o vereador Joaquim dos Santos, do PSD, não esteve presente na sessão extraordinária desta sexta-feira. Cada convocação extraordinário representa um pró-labore de R$ 500 no salário de cada vereador presente.



QUEM ELEGEU ESSES VEREADORES....?
 
Jose Dionysio Fernandes Veiga em 20/12/2016 15:23:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions