A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

02/04/2014 08:48

Operação contra crime organizado prende 18 que atuam na fronteira

Graziela Rezende
Chefe do Gaeco passando orientações para policiais antes do início da operação. (Foto: Divulgação)Chefe do Gaeco passando orientações para policiais antes do início da operação. (Foto: Divulgação)

Deflagrada na manhã desta quarta-feira (2), a Polícia já efetuou 18 prisões durante a operação “Prometeu” em Mundo Novo, a 476 quilômetros da Capital. Os envolvidos estão sendo levados para a delegacia de Naviraí e a intenção é cumprir 29 mandados ainda hoje, conforme a Polícia.

Os presos integram organizações criminosas que atuam principalmente na região de fronteira. Segundo a polícia, eles cometem crimes de furto, roubo e falsificação de documentos. O grupo ainda adquiria armas, munições e cigarro do Paraguai para serem contrabandeados.

A investigação já ocorre há seis meses e conta com policiais do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), 160 agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), 55 viaturas, um helicóptero Bel 207, dois ônibus para transporte dos presos e um ônibus de comando e controle.

Ao longo deste período, foi descoberto que os integrantes da associação criminosa possuem desde pessoas responsáveis por monitorar a atuação dos órgãos de fiscalização a assaltantes de caminhões e carretas, que após serem roubadas passam a ser utilizadas no transporte de mercadorias ilegais que são introduzidas no Brasil através da fronteira com o Paraguai.

Prometeu - O nome faz alusão a um guerreiro titã considerado um defensor da humanidade, que rouba o fogo de Zeus e o devolve aos mortais, sendo castigado por isso. É também uma referência aos veículos de dois agentes da PRF que foram queimados em julho de 2013, por integrantes desta organização criminosa.

O delito ocorreu devido à repressão ao contrabando de cigarros pela Polícia Rodoviária Federal na região, especialmente por estes dois policiais, que à época dos fatos chegaram a apreender três carretas de cigarros no mesmo dia, gerando um prejuízo de mais de R$ 1 milhão à quadrilha somente com estas apreensões.

Gaeco e PRF fazem operação para prender membros de quadrilha em Mundo Novo
O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), com o apoio da Policia Rodoviária Federal desencadeou hoje a operação “Prometeu” ...
Justiça dá 45 dias para INSS realize perícias médicas em cidades do MS
O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) terá que realizar perícias médicas obrigatória para a concessão de benefícios previdenciária em no m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions