A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

12/11/2017 19:19

Operação prende 38 por rinha de galo e multa pode chegar a R$ 1 milhão

Conforme policiais do Batalhão de Choque, até agora 38 pessoas foram presas e quatro armas apreendidas. No local, 48 animais foram apreendidos

Viviane Oliveira
Animais confinados e gaiola e caixas foram apreendidos (Foto: Direto das Ruas) Animais confinados e gaiola e caixas foram apreendidos (Foto: Direto das Ruas)
Armas e munições também foram apreendidos (Foto: Direto das Ruas) Armas e munições também foram apreendidos (Foto: Direto das Ruas)

Operação da PMA (Polícia Militar Ambiental) em conjunto com o Batalhão de Choque para acabar com uma quadrilha que promovia rinha de galos prendeu 38 pessoas, na tarde deste domingo (12), em Ribas do Rio Pardo, distante 266 quilômetros de Campo Grande. A multa aplicada pela polícia por crime ambiental pode chegar a R$ 1 milhão.

Conforme policiais do Batalhão de Choque, 48 animais machucados e quatro armas de fogo foram apreendidos. Cada autuado será multado em R$ 24 mil. Organizar ou participar de rinha é crime ambiental. A pena prevista é de três meses a um ano de detenção, além de multa. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela polícia. 

No mês passado, força tarefa entre as policias Civil e Militar também fechou uma rinha de galos, em uma residência no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Oito galos domésticos estavam mutilados e ainda eram mantidos confinados em gaiolas de madeira apertadas, que não permitiam movimento e nem a entrada de luz. Um jovem de 22 anos, apontado como proprietário dos animais, foi autuado. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions