A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

28/12/2017 11:47

Para polícia, sapateiro morreu de infarto e orelha foi arrancada por cão

Helio de Freitas, de Dourados
Local onde sapateiro foi encontrado morto, ontem, em Ponta Porã (Foto: Arquivo)Local onde sapateiro foi encontrado morto, ontem, em Ponta Porã (Foto: Arquivo)

O sapateiro paraguaio Felipe Caballero, 70, morto ontem (27) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, pode ter sido vítima de um infarto fulminante. A hipótese, levantada pela polícia após os levantamentos iniciais feitos pela perícia, descarta que ele tenha sido assassinado a golpes de faca após lutar com o agressor.

Parte de uma das orelhas de Felipe foi arrancada, mas a suspeita é que tenha sido dilacerada por um cachorro encontrado na casa após o sapateiro ter o infarto e cair morto. O animal tinha manchas de sangue, segundo a polícia.

Ao site Ponta Porã Informa, a delegada Sueli Araújo Lima, disse que não havia outro ferimento no corpo além a dilaceração da orelha, o que descarta a suspeita inicial de que ele foi morto a golpes de faca. Segundo ela, também não havia sinais de luta, o que reforça a hipótese de morte por causa natural seguida de ataque pelo animal.

"As lesões eram bastante irregulares e somente a perícia poderá dizer qual realmente foi a causa da morte, mas, a princípio, não descartamos nenhuma hipótese", afirmou a delegada.

Sobre o local da morte, Sueli disse que não havia sangue espalhado, mas apenas concentrado na cabeça de Felipe Caballero. O laudo conclusivo sobre a causa da morte deve ficar pronto em dez dias. Felipe Caballero era bastante conhecido no bairro Carandá Bosque, onde morava.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions