A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/12/2015 12:01

Paulista que receberia R$ 20 mil para transportar maconha é preso na fronteira

Helio de Freitas, de Dourados
Droga estava em Saveiro roubada em Goiás e que usava placa falsa de Campo Grande (Foto: Divulgação/Defron)Droga estava em Saveiro roubada em Goiás e que usava placa falsa de Campo Grande (Foto: Divulgação/Defron)

Policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira) apreenderam na madrugada desta quarta feira (16), 690 quilos de maconha no município de Coronel Sapucaia, a 400 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai.

A droga estava em uma Saveiro branca, que usava placa falsa de Campo Grande, mas na verdade tinha sido roubada em Aparecida de Goiânia (GO), no 27 de março deste ano. O veículo era conduzido por Marcelo Silva Prado, 30, morador em Juquiá (SP).

Segundo a Defron, Marcelo foi interceptado pelos policiais na rodovia, logo após sair de Coronel Sapucaia. Durante a vistoria, a equipe localizou os fardos de maconha. O homem contou que tinha sido contratado por R$ 20 mil para levar o carro com a droga até a capital paulista, mas afirmou não conhecer as pessoas que o contrataram.

“Cavalo doido” – Os policiais que atuam no combate ao tráfico na fronteira afirmaram que Marcelo praticaria o chamado “cavalo doido”, método de tráfico de maconha em que o condutor pega o carro lotado com a droga, colocada no bagageiro e até em cima dos bancos, e se arrisca nas estradas. Na maioria das vezes o veículo é roubado e o motorista corre para o mato quando vê a polícia, abandonando a carga. Marcelo Prado, no entanto, não teve tempo de fugir.

Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e receptação e levado para a cadeia pública de Amambai. A Defron informou que prosseguem as investigações para identificar os demais envolvidos no crime, bem como os proprietários da droga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions