ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Pecuarista desconfia de pegadas e descobre furto de 100 cabeças de gado

Cinco pessoas foram presas depois que dono da fazenda, no distrito de Arapuá, acionou a PM

Por Silvia Frias | 04/04/2020 16:57
Gado já estava em área separada para o embarque (Foto/Divulgação)
Gado já estava em área separada para o embarque (Foto/Divulgação)

Cinco pessoas foram presas em flagrante quando furtavam 100 cabeças de gado de fazenda localizada no distrito de Arapuá, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. As reses já estavam separadas, prontas para o embarque.

O furto foi descoberto a partir da desconfiança do dono da fazenda, que encontrou sinais de pegadas recentes próximo ao mangueiro, já que o solo estava úmido por causa de chuva recente.

O pecuarista acionou a Polícia Militar e, hoje à tarde, os policiais foram em veículo descaracterizado até a fazenda. Os militares inspecionaram o entorno e encontraram um veículo Ônix, com placas de Buritama (SP), entrando na propriedade rural.

No carro, estavam três homens que foram abordados pelos militares. Na vistoria, os PMs encontraram várias cordas, uma serra e celulares.

Os homens confessaram que o gado seria furtado e que dois carreteiros aguardavam o chamado para fazer o embarque dos animais. Neste momento, o comparsa entrou em contato para saber desse transporte. Outra equipe da PM foi acionada para localizar esses motoristas.

Os policiais encontraram as carretas no local indicado pelos bandidos e, descaracterizados, se aproximaram dos motoristas. Um deles disse que aguardava chamado para embarcar gado na fazenda e o outro descansava na boleia. Eles foram presos e confessaram que levariam o gado para Pereira Barreto (SP).