A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

23/06/2019 12:13

Pela 2ª vez, arraial tem briga generalizada e jovem esfaqueada

Na madrugada de sábado, policiais tiveram que usar balas de borracha para controlar briga e um militar ficou ferido

Clayton Neves

Pelo segundo dia consecutivo, briga generalizada foi registrada na madrugada deste domingo (23), o penúltimo dia do Arraial do Banho de São João, que acontece no Porto Geral de Corumbá. Desta vez, teve agressão e até esfaqueamento de uma mulher. 

Na madrugada do sábado (22), confusão no mesmo evento terminou com tiros de bala de borracha e policial militar com dedo quebrado.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros da cidade, por volta da 0h20 equipe foi acionada depois de uma jovem de 18 anos ter sido esfaqueada. No local, militares encontraram a vítima com perfuração de aproximadamente 7 centímetros na altura do ombro esquerdo e com forte hemorragia.

A jovem contou que estava na festa quando outra mulher passou por ela e a atacou com uma faca. Ela afirmou não conhecer a suspeita, que fugiu no meio da multidão. A vítima foi socorrida e encaminhada para o pronto socorro da cidade.

Horas depois, às 5h40, mulher que não foi identificada ficou inconsciente e teve traumatismo craniano depois de cair e bater a cabeça em uma mureta. Segundo testemunhas, ela teria sido empurrada durante briga generalizada que aconteceu no circuito da festa.

A vítima, que teve hemorragia intensa no nariz, foi socorrida pelos bombeiros e levada para o Pronto Socorro.

Mais confusão

Na madrugada de sábado (22), durante rondas da Polícia Militar, equipe avistou briga na praça de alimentação. Os policiais se aproximaram e deram ordem de parada, no entanto, os envolvidos desobedeceram e continuaram a confusão.

Alguns dos suspeitos tentaram agredir os militares e, para contê-los os agentes dispararam tiros de bala de borracha. De acordo com registro policial, alguns conseguiram fugir.

Durante a imobilização, um dos suspeitos agrediu os policiais e um soldado de 27 anos acabou fraturando o dedo mínimo da mão direita.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions