ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Perícia confirma que vísceras expostas são de jovem estuprada e assassinada

Durante depoimento na delegacia, o suspeito pelo crime confessou ter matado a namorada por ciúmes do irmão

Por Bruna Marques e Helio de Freitas, de Dourados | 11/12/2023 09:56
Perito tirando foto do local do crime e policiais acompanhando. (Foto: Adilson Domingos)
Perito tirando foto do local do crime e policiais acompanhando. (Foto: Adilson Domingos)

Laudo preliminar da perícia confirmou que as vísceras encontradas em cima do corpo da adolescente Karine Ferreira Isnarde, 16 anos, saíram da região do intestino da vítima. A jovem foi estuprada, estrangulada e assassinada a golpes de faca, pelo namorado Claiton Benites Gomes, 19, na madrugada de domingo (10). O crime ocorreu na Aldeia Jaguapiru, em Dourados, distante 251 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o delegado Erasmo Cubas, chefe do SIG (Setor de Investigações Gerais), a vítima foi encontrada seminua. “Ela tinha marcas no pescoço e diversas lesões na região anal de um objeto perfuro cortante. No momento em que os policias faziam a análise no local do crime, encontraram uma faca de cozinha que acreditaram que pudesse ter sido utilizada no crime”, explicou a autoridade.

Durante diligências, a polícia encontrou na casa do suspeito um short sujo de sangue. “A moradora da casa afirmou que a roupa era de seu sobrinho e que ele estava usando a peça na noite passada. A casa fica a pouco mais de 250 metros do local dos fatos”, revelou Erasmo.

Durante a manhã de domingo, as equipes das Polícias Civil e Militar e lideranças indígenas fizeram buscas na região da aldeia para localizarem Claiton. Além disso, mais duas testemunhas foram encaminhadas para a delegacia, onde prestaram esclarecimentos.

“A liderança indígena apontou que o suspeito estaria escondido em outra residência, bem distante do local. Ele foi detido e segurado pelos aldeões. A Polícia Militar fez a condução dele até a delegacia e após ser apresentado tudo o que foi coletado, o jovem confessou o crime e narrou circunstâncias mais bárbaras do que as que foram encontradas no corpo”, expôs o delegado.

Claiton Benites Gomes sendo preso na manhã deste domingo (10), horas após o crime (Foto: Adilson Domingos)
Claiton Benites Gomes sendo preso na manhã deste domingo (10), horas após o crime (Foto: Adilson Domingos)

Confissão – Ao prestar depoimento na delegacia, Claiton disse que teria saído para comprar bebida com a vítima e que teve relação sexual consentida pela adolescente. “Mas percebemos que pelo nível de embriaguez ela nem tinha condições de consentir com isso ou não”, afirmou o delegado.

Ainda segundo a versão do suspeito, em determinado momento, Karine teria dito que preferia o irmão dele. “Ele ficou mais agressivo, estrangulou ela e a golpeou com a faca que foi encontrada no local do crime”, esclareceu Erasmo.

Claiton contou aos policiais que estava se aproveitando do dinheiro da adolescente, porque era ela quem estaria pagando a bebida que eles estavam consumindo.

“Ele está respondendo por estupro e feminicídio. Não há indícios que aponte que alguém tenha ajudado ele. Vamos aguardar o laudo pericial, a conclusão do laudo de local, laudo necroscópico e de sexologia e vamos ouvir mais testemunha para que possamos esclarecer bem alguma circunstância que esteja no entorno do crime. Os atos de execução estão bem esclarecidos”, concluiu.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias