A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

02/10/2014 17:45

PM recruta guardas para ajudar nas eleições e comandante pede ‘cultura de paz’

Helio de Freitas, de Dourados
Tenente-coronel Ary Carlos Barbosa, comandante da Polícia Militar em Dourados (Foto: Helio de Freitas)Tenente-coronel Ary Carlos Barbosa, comandante da Polícia Militar em Dourados (Foto: Helio de Freitas)

A Polícia Militar vai colocar todo o seu efetivo disponível para trabalhar na véspera e dia das eleições em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A PM não revela, por estratégia de segurança, o total de policiais, mas o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Ary Carlos Barbosa, afirmou que apenas o pessoal que estiver na escala anterior ao fim de semana terá folga. “O restante já está todo mundo convocado”. Guardas municipais também foram “convocados” e vão trabalhar junto com os PMs.

Ao Campo Grande News, o comandante afirmou hoje esperar uma eleição tranquila na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul e disse que a determinação é trabalhar para garantir a segurança dos eleitores e demais moradores. “Precisamos que as pessoas exerçam a cultura da paz, que exercitem o seu direito de votar com total tranquilidade. Para garantir esses direitos fundamentais, a Polícia Militar estará mobilizada desde a véspera das eleições”.

Os policiais militares vão percorrer os locais de votação para impedir aliciamento de eleitores e cinco equipes ficarão de plantão para atender ocorrências eleitorais. “Vamos trabalhar com base em denúncias e chamado do Cartório Eleitoral. Toda pessoa detida será levada para a sede da Polícia Federal”, afirmou Barbosa.

O reforço no policiamento começa ainda na noite de sábado, dia 4, para coibir compra de votos e distribuição de panfletos apócrifos (sem assinatura), uma prática bastante comum em Dourados. Nesta semana, três pessoas foram detidas acusadas de distribuir material contra o deputado federal Marçal Filho (PMDB), candidato à reeleição, e contra a mulher dele, a radialista Keliana Fernandes (PSC), candidata à deputada estadual. Os detidos apontaram três candidatos a deputado estadual e um candidato a deputado federal como responsáveis pelos panfletos. O caso é investigado pela Polícia Federal.

Já com a experiência de uma eleição municipal como comandante da PM em Dourados – ele assumiu o posto em junho de 2011 – o tenente-coronel Ary Carlos Barbosa acredita que essa disputa eleitoral será bem mais tranquila que a de 2012. “Quando a eleição é municipal tem mais paixão envolvida, as pessoas se conhecem, conhecem o candidato a vereador. Aí fica muito mais complicado. Nestas eleições estamos confiantes que teremos maior tranquilidade”.

Lei seca – O comandante da PM disse uma das maiores preocupações é com o cumprimento da “Lei Seca”, que veta o consumo e venda de bebida alcoólica de 3h da madrugada até 17h de domingo. O que mais “tira o sono” da polícia são as conveniências onde jovens se concentram para beber. “Encaminhamos ofício para as principais conveniências da cidade alertando sobre a Lei Seca e principalmente reforçando que vender ou consumir bebida alcoólica no dia da eleição das 3h da madrugada até 17h é crime e a pessoa que for flagrada será detida”.

Na opinião do tenente-coronel, quem quiser beber domingo tem que comprar no dia anterior e consumir em casa. “O ideal é que as pessoas procurem respeitar totalmente a lei seca, para evitar confusões no dia da eleição, mas se alguém quiser beber, precisa saber que terá de comprar no dia antes e consumir em casa, sem sair para a rua”, pediu ele.

Choque faz reintegração de posse em fazendas invadidas por sem-terra
Policiais do Batalhão de Choque fazem na manhã desta quarta-feira (28), reintegração posse em duas fazenda no município de Nioaque - distante 179 km ...
Policiais suspeitam de carreta estacionada e encontram 620 kg de maconha
Investigadores suspeitaram de um carreta estacionada e encontraram em fundo falso, mais de 600 quilos de maconha. O caso aconteceu por volta de 15h d...
Pescador que estava desaparecido havia quatro dias é encontrado morto
O corpo do pescador João Dias da Silva, 54, desaparecido desde sexta-feira (23), foi encontrado às margens do rio Paraná, ontem (27) em Naviraí, dist...
Homem fica ferido ao ser esfaqueado na cabeça após discutir com colega
Homem de 45 anos ficou gravemente ferido ao ser esfaqueado várias vezes na cabeça por um colega, que foi identificado, mas não foi preso. O crime aco...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions