A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

12/05/2017 10:09

PM reforça efetivo e vai monitorar detentos que saíram para o Dia das Mães

Justiça liberou 99 internos para passarem o Dia das Mães em casa e Polícia Militar pede para população redobrar cuidados

Helio de Freitas, de Dourados
PM reforçou equipes para cuidar da área central de Dourados (Foto: Divulgação)PM reforçou equipes para cuidar da área central de Dourados (Foto: Divulgação)

A liberação de 99 internos para passarem o Dia das Mães em casa ligou o sinal de alerta da Polícia Militar em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Com o histórico dos anos anteriores, de aumento da criminalidade após a licença temporária, o comando da PM na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul decidiu reforçar o policiamento na área central e vai monitorar os detentos, para saber se vão cumprir as regras impostas pela Justiça.

O tenente-coronel Carlos Silva, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, disse que o efetivo nas ruas foi adequado para atender a demanda desse final de semana. “São vários fatores que devem ser levados em consideração, como a Expoagro, Dia das Mães, pagamento do FGTS e a saída temporária [dos detentos]”.

Além de reforçar o policiamento e alertar a população para que redobre o cuidado para evitar furtos e roubos na residência e nas ruas, a Polícia Militar também vai monitorar os internos liberados do regime semiaberto.

Apesar de não ser obrigação da PM, a corporação vai fazer rondas nos bairros onde os detentos moram, para saber se de fato vão permanecer em casa no período noturno.

Se algum deles for flagrado descumprindo as regras determinadas pela Justiça, o caso será comunicado ao Ministério Público e o detento pode perder o benefício do regime semiaberto e voltar para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Todos os anos, pelo menos 10% dos presos liberados são flagrados descumprindo as medidas o se envolvem em outros crimes.

Furtou loja – O primeiro detento beneficiado com a saída temporária a praticar crime assim que chegou à rua foi Jailson Carlos da Silva, 24, o “Chaves”.

Ele foi preso ontem após quebrar a vidraça de uma loja na Avenida Weimar Gonçalves Torres para furtar um moletom, uma calça, uma jaqueta e uma camiseta que estavam no mostruário. Chaves tinha saído do presídio no dia anterior, para o Dia das Mães.

O dono da loja, que mora no piso superior, ouviu o barulho da vidraça sendo quebrada e saiu atrás do ladrão. Chamada por outros moradores, a Guarda Municipal localizou Chaves perto da loja e o prendeu em flagrante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions