ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Polícia encontra 213 quilos de pasta base de cocaína em caminhão-tanque

Caminhoneiro de Itaporã foi preso quando estava na fila de indústria para carregar óleo vegetal

Por Helio de Freitas, de Dourados | 07/12/2021 15:55
Bombeiros cortam tanque de aço para retirar fardos de pasta base de cocaína. (Foto: Adilson Domingos)
Bombeiros cortam tanque de aço para retirar fardos de pasta base de cocaína. (Foto: Adilson Domingos)

Caminhão-tanque usado para transporte de óleo vegetal foi apreendido nesta terça-feira (7), em Dourados (a 251 km de Campo Grande), com 213 quilos de pasta base de cocaína. Para retirar a droga do compartimento oculto, foi preciso chamar homens do Corpo de Bombeiros, que tiveram de cortar a estrutura de aço. A pasta base produzida na Bolívia foi avaliada em R$ 5 milhões.

Veja o vídeo:

A apreensão foi feita por policiais da Defron (Delegacia de Fronteira) quando o caminhão estava na fila, no Distrito Industrial de Dourados, para ser carregado com óleo vegetal.

O motorista, identificado como Nelson Donato, 48, foi preso em flagrante. Morador no Jardim Pioneiro 2, em Itaporã, ele disse que foi contratado para levar a carga até Jaguaré, distrito que faz parte do município de São Paulo (SP).

Segundo o delegado Rodolfo Daltro, a investigação revelou o esquema de envio, a partir de Dourados, de pasta base de cocaína e de cloridrato de cocaína (droga refinada) entre carga de óleo vegetal. A estratégia dificultava a fiscalização.

Só neste ano, a organização criminosa dona da droga já tinha enviado pelo menos doze cargas para os estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

Abordado na fila de caminhões, Nelson negou que estivesse transportando droga, mas depois admitiu a presença de substância ilícita no caminhão-tanque. Os sacos com a pasta base estavam cobertos com camadas de plástico, para evitar que o óleo penetrasse nos tabletes.

Nelson disse que saiu ontem (6) de Itaporã para Dourados e deixou o caminhão em oficina mecânica, onde acredita que a droga tenha sido colocada no tanque.

Hoje, às 10h, ele pegou a carreta na oficina e foi até o Distrito Industrial para carregar o óleo vegetal. O motorista foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário