ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Polícia encontra em oficina Dodge Ram que atropelou e dilacerou criança

Menino de 6 anos foi atropelado no anel viário de Dourados, sábado de manhã

Por Helio de Freitas, de Dourados | 18/03/2021 14:54
Dodge Ram que atropelou menino foi apreendida em oficina (Foto: Adilson Domingos)
Dodge Ram que atropelou menino foi apreendida em oficina (Foto: Adilson Domingos)

Deve se apresentar ainda nesta quinta-feira (18) na Polícia Civil o condutor do veículo que atropelou e matou o menino de seis anos de idade na manhã de sábado (13) em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Morador da Terra Indígena Boqueirão, Elian Fernandes Lopes foi atropelado no anel viário que divide a reserva de Dourados do perímetro urbano. O condutor fugiu após o acidente. O corpo do menino ficou dilacerado.

A caminhonete Dodge Ram prata envolvida no acidente foi apreendida hoje por agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) em uma oficina mecânica na Rua Coronel Ponciano, na Vila Industrial.

Inicialmente, devido à dilaceração do corpo, acreditava-se que o veículo fosse um caminhão ou carreta. O anel viário é usado por veículos de carga para desviar do perímetro urbano de Dourados.

O utilitário está em nome de uma pessoa residente no Jardim Monte Alegre, mas ainda não foi confirmado se o proprietário era o condutor. A caminhonete foi encontrada sem o para-choque dianteiro.

A mãe do menino relatou no dia do atropelamento que o filho tinha problemas mentais e possuía o costume de fugir de casa. Ela disse que ele tinha saído de casa na noite de sexta-feira e ficou perambulado pelos arredores da estrada.

A comunidade indígena reclama da falta de segurança no anel viário, que liga a BR-163, na saída para Campo Grande, à MS-156, à Avenida Guaicurus e à BR-463, na saída para Ponta Porã. A estrada já foi palco de vários acidentes com morte.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário