A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

27/11/2014 12:20

Polícia Federal deflagra operação para prender 5 milicianos indígenas

Caroline Maldonado e Viviane Oliveira

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (27) a Operação Parajás II, para cumprir cinco mandados de prisão de integrantes da aldeia indígena Rancho do Jacaré, no município de Laguna Carapã, a 287 quilômetros de Campo Grande. Segundo o superintendente da Polícia Federal em Campo Grande, Edgar Paulo Marcon, a operação visa acabar com uma milícia de integrantes da aldeia.

Após a primeira ação para desarmar a milícia na aldeia, em 16 de outubro deste ano, a Operação Parajás I, os milicianos atentaram contra famílias da comunidade, cometendo uma série de crimes, dentre eles tentativa de homicídio, abuso sexual de menores, lesão corporal, ameaça e constrangimento ilegal, segundo a Polícia Federal.

Portanto, a polícia elaborou a segunda edição da operação, com fim de prender os milicianos. A operação contou com a participação de cerca de 40 policiais. Os presos serão encaminhados ao presídio e permanecerão a disposição da Justiça Federal de Ponta Porã, a 323 quilômetros da Capital.

Milícia – De acordo com a polícia, os milianos proibiam crianças e adolescentes de frequentar as escolas, impediam a realização de cultos religiosos e obstruíam a prestação de serviços públicos, além de cometer diversos crimes.

Os milicianos coagiam os moradores com o uso de armas de fogo, impondo poderes e instalando a desordem na comunidade, conforme a Polícia Federal. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions