ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Policiais e guardas saem às ruas para garantir cumprimento de toque de recolher

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 01/04/2020 22:42
Policiais durante abordagens em frente a estabelecimentos. (Foto: Divulgação) 
Policiais durante abordagens em frente a estabelecimentos. (Foto: Divulgação)

Agentes de segurança, incluindo o exército e servidores da prefeitura, saíram as ruas de Ponta Porã na noite desta quarta-feira (01) para garantir que os comerciantes e moradores cumpram o toque de recolher na cidade.

No último domingo (29) o prefeito de Ponta Porâ, Helio Peluffo Filho (PSDB) liberou o funcionamento de todo o comércio, mas manteve o horário de isolamento entre 20h e 4h.

Nessa noite, policiais militares, civis, guardas municipais, agentes de trânsito e militares do exército foram até os bares, lanchonetes e outros estabelecimentos, para garantir que eles não funcionem após o horário inicial do toque de recolher.

Abordagens à pedestres e veículos também serão realizadas durante toda a noite. A secretaria de segurança do município ressaltou que está tomando todos os cuidados quanto ao funcionamento dos comércios na cidade, desde a flexibilização do decreto.

Decreto – Conforme o último decreto válido na cidade, restaurantes, conveniências e lanchonetes, poderão atender ao público no próprio estabelecimento, desde que mantido um espaçamento mínimo de 2 metros entre as mesas.

Lojas, salões de beleza, centros de estética e barbearias também poderão atender mediante agendamento prévio, com restrição de público no seu interior, “evitando filas de espera e aglomerações”.

As obras da construção civil ficam limitadas à 10 trabalhadores, sob pena de cassação do alvará de construção. Nos bancos o atendimento continua resumido a atividades internas, mas as lotéricas continuarão abertas.