A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Agosto de 2019

15/02/2019 14:52

Policiais militares presos por corrupção liberaram cinco contrabandistas

Campo Grande News informou em primeira mão a prisão de três policiais militares rodoviários por corrupção hoje em Ponta Porã

Helio de Freitas, de Dourados

Os três policiais militares rodoviários presos em flagrante por corrupção passiva nesta sexta-feira (15) no município de Ponta Porã, receberam propina de cinco contrabandistas, que também foram presos e autuados por descaminho e corrupção ativa.

A informação é do Comando Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, que há pouco divulgou nota oficial sobre o caso. As prisões foram divulgadas em primeira mão pelo Campo Grande News no início da tarde de hoje.

“A Polícia Militar vem a público destacar que nas primeiras horas deste dia (15/02) desencadeou ações que culminaram com as prisões de cinco civis pela prática de descaminho e corrupção ativa e de três policiais militares rodoviários da base de Ponta Porã pela prática de corrupção passiva”, afirma a nota.

Ainda segundo a comunicação do Comando Geral, as medidas foram tomadas por oficiais da PM, integrantes do Batalhão de Policia Militar Rodoviária em ações de controle, fiscalização e coordenação operacional. A reportagem apurou inicialmente que os policiais tinham sido presos por uma equipe do Bope, também da PM. Entretanto, os contrabandistas que foram presos pelo Bope.

“A Polícia Militar reitera que não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta por parte dos seus integrantes. Se comprovada a irregularidade, as medidas cabíveis serão tomadas pela Corregedoria Geral no rigor da lei e os envolvidos responsabilizados administrativo e criminalmente”, afirma o Comando Geral.

A nota segue: “Qualquer ação por parte de seus membros que porventura se destoe das diretrizes da Corporação serão repudiadas e devidamente apuradas, ocasião em que será dada aos acusados a oportunidade do contraditório e ampla defesa”.

O Comando Geral não informou mais detalhes do caso, mas o Campo Grande News apurou que os policiais presos são conhecidos como Acácio, Barbosa e Fonseca, os três lotados no Posto Aquidaban, na rodovia MS-164, que liga Ponta Porã aos municípios de Maracaju e Dourados.

Eles teriam sido presos após uma equipe policial abordar um carro com contrabando na região do “Copo Sujo”, a 40 km da base da PMR. Os contrabandistas teriam dito que já tinham feito um “acerto” com os três policiais de serviço no Posto Aquidaban.

Os policiais foram então até o posto, onde encontraram o dinheiro e prenderam os colegas de farda. A nota do Comando Geral não faz menção a essas informações e sustenta que as prisões foram feitas por oficiais da própria Polícia Militar Rodoviária.

Em mensagem no grupo do aplicativo WhatsApp utilizado pela corporação para se comunicar com a imprensa, o comandante do Batalhão da PMR, tenente-coronel Wagner Ferreira Silva, afirmou não ser verdadeira a informação de que as prisões foram feitas pelo Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais).



Em quem Confiar??
 
Clebe PL em 15/02/2019 15:20:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions