A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

04/07/2013 06:47

Policial foge de acidente sem prestar socorro e abandona carro em delegacia

Aliny Mary Dias
Carro foi deixado em pátio de delegacia durante a noite (Foto: Pc de Souza/Edição de Notícias)Carro foi deixado em pátio de delegacia durante a noite (Foto: Pc de Souza/Edição de Notícias)

Um policial militar se envolveu em um acidente no fim da tarde de ontem (3) e fugiu sem prestar socorro. O acidente ocorreu no bairro Santa Maria em Coxim e horas depois o carro que o policial conduzia foi encontrado no pátio da 1ª delegacia de polícia da cidade.

O policial não foi identificado e dirigia um Corsa branco quando invadiu a preferencial e atingiu o motociclista Mardonio Wilson Lima, de 19 anos. O jovem seguia pela avenida Mato Grosso do Sul.

Após a colisão, o motorista fugiu sem prestar socorro. Testemunhas disseram à polícia que o policial militar estava com sinais de embriaguez. O Corpo de Bombeiros foi chamado e socorreu o jovem que teve escoriações na perna. Ele foi levado em estado estável para o pronto socorro do hospital da cidade.

Segundo o site Edição de Notícias, durante a noite, um carro com as mesas características do conduzido pelo policial foi abandonado no pátio da 1ª DP da cidade. O motorista não se apresentou à polícia.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da cidade.




Todos são iguais perante a Lei. Agora pq o cara é policial deve ser tratado diferentemente do que está na Lei. Se receber tratamento diferenciado, seja para abrandar ou para prejudicar tem-se um caso de injustiça. Mas para os ignorantes de plantão, se for PM será instaurado dois inquéritos: um na civil e outro na militar.
 
alberto romero em 04/07/2013 20:31:39
Dá nada, apenas fez o que todos fazem... Se cansou de apenas ele ser o exemplo...
 
paulo roberto em 04/07/2013 15:54:19
Como diz um ditado popular: “o apresado come cru". A policia civil vai apurar através do IP se de fato essa versão é verdadeira caso seja confirmando que o policial se envolveu neste acidente ele tem direito a ampla defesa, e com certeza a instituição da PM abrira um IPM para analisar a conduta do polical. (Isso caso se confirme que o motorista seja um policial.).
Calma Sr. João Dias não julgue sem saber a verdade real
 
Kaio Ferraz em 04/07/2013 12:38:00
Que este não seja mais um caso "ABAFADO" pelas autoridades que se dizem "competentes".......
 
Mona Silva em 04/07/2013 10:56:34
vamos ver se prendem ou acontece alguma coisa agora..... já viu né
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 04/07/2013 10:50:44
E a investigação administrativa da Polícia Militar? Se realmente foi um PM que cometeu o delito ele pode ser punido de acorde com as regras disciplinares da corporação, afinal não são eles militares?
 
João Dias em 04/07/2013 08:21:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions