A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/09/2016 07:55

Ponte sobre o rio Paraná inaugurada hoje vai melhorar logística entre MS e SP

Priscilla Peres
Nova ponte rodoviária entre MS e SP fica ao lado de ponte ferroviária (Foto: Edmir Rodrigues)Nova ponte rodoviária entre MS e SP fica ao lado de ponte ferroviária (Foto: Edmir Rodrigues)

Será inaugurada hoje, a ponte sobre o rio Paraná que liga Três Lagoas a cidade paulista de Castilho, na BR-262. A nova estrutura de 1.344 metros de extensão e 6.648 metros de acessos é uma alternativa a a passagem por cima da barragem de Jupiá.

Para Mato Grosso do Sul, a ponte é fundamental no auxílio ao escoamento da produção, já que terá três faixas para o tráfego de veículos. Foram investidos R$ 117 milhões em recursos do governo federal na construção da ponte.

Ontem, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ressaltou a importância dessa nova via para MS.“Nosso Estado é a convergência de todos os caminhos aos principais centros consumidores do país, como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A ponte sobre o Rio Paraná melhora essa logística, pois está integrada aos modais ferroviário e hidroviário, o que contribui para tornar nossa produção mais competitiva”.

Para o presidente do Setlog/MS (Sindicato Das Empresas De Transporte Rodoviário De Cargas e Logística do Estado), Cláudio Cavol, a inauguração da ponte é é recebida com “bom olhos” pela categoria, isso porque, segundo ele, a nova estrutura é mais segura, além de acelerar o tempo do percurso.

 

Mapa sinaliza onde é a nova ponte, paralela a usina de Jupiá. Mapa sinaliza onde é a nova ponte, paralela a usina de Jupiá.

Logística - Separados pelo Rio Paraná, os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo terão uma quinta opção de ligação com a ativação da nova ponte. A primeira delas é exclusivamente ferroviária e fica entre Três Lagoas e Castilho, ao lado da nova estrutura. Mais ao sul, a ponte rodoviária Maurício Joppert liga a BR-267 em Bataguassu à SP-270 (Raposo Tavares) em Presidente Epitácio (SP).

A terceira ligação fica entre os municípios de Brasilândia e Paulicéia (SP). Com 1,705 metros de comprimento, ela liga a BR-158 à SP-294. A quarta ponte entre os dois estados é rodoferroviária e fica entre Aparecida do Taboado e Santa Fé do Sul (SP), com quatro quilômetros de extensão e fazendo o entroncamento da BR-436 com a SP-329 (Euclides da Cunha).

A nova ponte – quinta ligação entre MS e SP – retira o tráfego de veículos sobre a barragem da Usina Hidrelétrica Engenheiro Souza Dias, a Usina de Jupiá. Do lado sul-mato-grossense, o trecho de acesso à ponte completa o traçado definitivo da BR-262, alterando o caminho que leva à barragem da usina. Do outro lado do Rio Paraná, no município de Castilho, uma nova via de acesso foi construída da ponte até rodovia estadual SP-300 (Marechal Rondon).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions