A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/04/2016 14:05

Por causa de mensagens em celulares, PRF descobre carro furtado

Mariana Castelar
Após fiscalização, PRF verificou que o carro havia sido furtado em Brasília e que adesivo era falso (Foto: Assessoria/PRF)Após fiscalização, PRF verificou que o carro havia sido furtado em Brasília e que adesivo era falso (Foto: Assessoria/PRF)

De acordo com a matéria publicada nesta manhã pelo Campo Grande News, um carro simulando ser do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) foi apreendido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal (PRF) na madrugada desta quinta-feira (14).

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), a ocorrência foi descoberta quando policiais da UOP (Unidade Operacional) local e do GOC (Grupo de Operações com Cães) abordaram um Celta, com placas de Maranhão, na BR-163, próximo ao km 416, em Jaraguari (distante 44 km de Campo Grande).

Ao ser parado, os dois ocupantes do veículo demonstraram nervosismo e recebiam mensagens de texto em seus celulares, dando a entender que estavam preocupados com a possibilidade de outras viaturas da PRF na rodovia.

Por conta da suspeita, policiais abordaram no macroanel da Capital um Fiat/Strada, com placas ado Estado e adesivos simulando ser um veículo oficial do DNIT. O motorista tinha 27 anos e o outro ocupante era um um adolescente de 15.
Após fiscalização dos caracteres foi constatado que o veículo havia sido furtado em Brasília/DF, no dia 23 de março.

Nos celulares apreendidos haviam mensagens que comprovavam a participação do Celta no esquema. Diante do flagrante, um dos integrantes confessou que eles levariam o veículo furtado até Bela Vista (distante 322km de Campo Grande) e receberia R$5 mil com a venda. As quatro pessoas e os veículos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil

Os quatro envolvidos  e os veículos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (Foto: Assessoria/PRF)Os quatro envolvidos e os veículos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (Foto: Assessoria/PRF)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions