ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Por criar 6 mil porcos sem licença, PMA fecha e multa empresa em R$ 25 mil

Por Liana Feitosa | 25/11/2015 10:03
Se condenado, o empresário poderá pegar pena de três a seis meses de detenção. (Foto: Divulgação/ PMA)
Se condenado, o empresário poderá pegar pena de três a seis meses de detenção. (Foto: Divulgação/ PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou e paralisou as atividades de uma empresa criadora de suínos nesta terça-feira (24), em Bandeirantes, a 70 quilômetros de Campo Grande, por falta de licença para operação. No local são criados mais de 6 mil porcos.

A interrupção das atividades, que tem caráter potencialmente poluidor, aconteceu após fiscalização da PMA na região conhecida como Posto São Pedro.

O empreendimento tem licença prévia, o que autoriza apenas o local de funcionamento da empresa, e não sua operação. De acordo com a polícia, após ser emitida a licença de instalação, o funcionamento do negócio só é autorizado caso sejam cumpridas todas as exigências relativas à instalação.

O dono da empresa, que mora em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 25 mil. Ele foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste e responderá por crime de construir atividade potencialmente poluidora sem licença.

Se condenado, o empresário poderá pegar pena de três a seis meses de detenção.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário