A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

03/10/2019 17:51

Prefeito vizinho oferece transporte e indígenas liberam bloqueio na MS-156

O trecho estava bloqueado a três dias em protesto para retomada de condição escolar

Tainá Jara e Helio de Freitas, de Dourados
Trecho da MS-156, que liga Dourados a Itaporã, ficou bloqueado por três dias (Foto: Divulgação/PMR)Trecho da MS-156, que liga Dourados a Itaporã, ficou bloqueado por três dias (Foto: Divulgação/PMR)

Depois de três dias bloqueada por estudantes indígenas, como forma de cobrar pela retomada de transporte escolar, a MS-156 foi liberada, na tarde desta quinta-feira. Embora os 140 acadêmicos sejam moradores das aldeias Bororó e Jaguapiru, em Dourados, precisou que o prefeito de Itaporã Marcos Pacco (PSDB) negociasse para reestabelecer o tráfego na via.

Ao Campo Grande News, o capitão da Aldeia Jaguapiru, Isael Morales, o Neco, afirmou que os manifestantes aceitaram o acordo porque a proposta foi do prefeito de Itaporã, que sempre ajuda a comunidade indígena. "Chegamos ao ponto de o prefeito de outra cidade ter que vir conversar com a gente e nos atender", afirmou.

Pacco se comprometeu a mandar um ônibus da prefeitura de Itaporã, a partir desta sexta-feira, para transportar os universitários. A conversa com ele se mostrou mais eficaz do que com a prefeita de Dourados, Délia Razuk (PTB). Reunião estava agenda para ocorrer na manhã desta sexta-feira, com os secretário de Educação, Upiran Jorge Gonçalves.

O assessor especial de Délia, Alexandre Mantovani, também estava presente na negociação, mas o capitão da Jaguapiru afirmou que o acordo foi aceito por ter partido do prefeito de Itaporã. A reunião com o secretário de Dourados, marcada para às 7h, está mantida.

Com o acordo, a MS-156 está liberada entre Dourados e Itaporã (a cidade depende muito do acesso a Dourados), mas, continua interditada em outro ponto, em frente ao Jardim Guaicurus, por moradores que protestam contra os acidentes.

O tenente-coronel Wagner Ferreira da Silva, da PMR (Polícia Militar Rodoviária) confirmou a liberação da via.

Veja vídeo de liberação do trecho:

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions