A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/02/2016 08:39

Preso é morto dentro de presídio e risco de motim impede investigação

Renata Volpe Haddad
Junio, de camisa verde, foi preso junto com o pai em dezembro do ano passado acusado de assassinar um jovem de 23 anos.  (Foto: Osvaldo Duarte/ Arquivo)Junio, de camisa verde, foi preso junto com o pai em dezembro do ano passado acusado de assassinar um jovem de 23 anos. (Foto: Osvaldo Duarte/ Arquivo)

O detento Junio Rodrigues da Silva, de 29 anos, foi morto por volta de 20h30 de sexta-feira (12) dentro do Presídio Estadual de Dourados, distante 233 km de Campo Grande. Três internos são suspeitos de cometerem o crime e a Polícia Civil foi acionada por um agente penitenciário, mas não há informações de como o homicídio ocorreu.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o crime aconteceu no pavilhão III da unidade prisional. O delegado Guilherme Carvalho Rocha foi até o local com um perito criminal.

Foi solicitado apoio da Força Tática, pois, durante revista em uma cela, agentes penitenciários constataram que foram serradas três barras de ferro da janela superior que dá acesso à parte externa do presídio.

Os internos informaram que haveria uma tentativa de fuga na unidade e o delegado avaliou que a equipe corria risco durante o levantamento no local do crime. Conforme consta no registro, as investigações foram prejudicadas, já que a Força Tática, juntamente com a equipe da Polícia Civil contavam apenas com oito integrantes e no presídio, há 2,5 mil internos que estavam muito agitados.

Assassinato – Junio e o pai Pedro Vivaldo da Silva, 53, foram presos em 20 de dezembro do ano passado, acusado de matar com três tiros Roberto Bruno, 23 em um estacionamento em Dourados. Testemunhas contaram que dois homens em uma caminhonete S-10, de cor vinho, pararam próximo a vítima, um deles atirou por pelo menos cinco vezes e depois fugiram.

Em depoimento, Pedro confessou que atirou no rapaz e disse que o filho havia discutido com a vítima, mas não soube dizer o motivo. Os dois foram presos em flagrante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions