A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

14/11/2013 09:25

Preso pela PF em Corumbá foi demitido da prefeitura no ano passado

Zana Zaidan

A Operação Cornucópia da Polícia Federal, deflagrada ontem (13), resultou na prisão de Wilson Roberto Fernandes, ex-gerente de Recursos Humanos da prefeitura de Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, na administração do então prefeito Ruiter de Oliveira (PT). O atual prefeito, Paulo Duarte (PT), lembra que o acusado foi demitido do cargo no ano passado.

As investigações da PF apontam o envolvimento de 100 pessoas, entre eles funcionários da prefeitura. Duarte explica que ainda não tem conhecimento dos detalhes da operação. “Não sei dizer quem são essas pessoas, quantas delas e se ainda são comissionadas”, diz o prefeito, que ontem estava na Capital devido à visita do ex-presidente Lula.

“Vou acompanhar os detalhes da operação, para, só então, decidir quais as providências necessárias”, acrescenta. A PF vai detalhar em entrevista coletiva, prevista para daqui a pouco, às 10 horas, os desdobramentos das investigações.

Cornucópia – A operação foi deflagrada em conjunto com a 5ª Promotoria de Justiça para apurar a existência de fraude aos sistemas de controle da folha de pagamento no setor de recursos humanos da prefeitura de Corumbá.

Um grupo de funcionários aumentaria a margem consignável para contratação de empréstimos aos servidores públicos do município. Após liberados os recursos pelos bancos, os valores eram sacados integralmente e tinham de ser repassados aos organizadores. As apurações iniciais dão conta que os empréstimos consignados eram todos pagos com verba pública não devida aos funcionários, e que teriam o envolvimento de cerca de 100 pessoas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions