ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Produtor é multado em R$ 10 mil por soltar gado para pastar em área de proteção

Pelo 85 reses foram flagradas pastando em área de proteção de mata ciliar em fazenda de Água Clara

Por Silvia Frias | 21/05/2022 12:40
Animais pisotearam em área protegida, causando erosão e afetando mata ciliar (Foto/Divulgação)
Animais pisotearam em área protegida, causando erosão e afetando mata ciliar (Foto/Divulgação)

Produtor rural foi multado em R$ 10 mil por degradar área protegida de fazenda vizinha, onde soltava 85 reses para pastar. O flagrante aconteceu em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande.

A fazenda onde os animais eram soltos foi arrendada por empresa de celulose, também responsável pela proteção das matas ciliares de córrego local.

Em contato com a PMA (Polícia Militar Ambiental), os responsáveis disseram que alertaram o arrendatário da fazenda vizinha para que o gado fosse retirado, já que os animais estavam degradando a área.

Os militares foram ao local e constataram os danos: os animais estavam pisoteando a área protegida, causando erosão nas margens e afetando a vegetação ciliar.

A PMA foi até a fazenda vizinha, mas não encontrou o produtor rural, apenas o sogro dele, que confirmou que os animais pertencem ao genro. O arrendatário de 45 anos, residente em Três Lagoas, foi notificado a remover gado e foi multado em R$ 10 mil. Também responderá por crime de degradação ambiental, com pena prevista de três anos de detenção.

Nos siga no Google Notícias