A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

21/08/2017 06:45

Professores iniciam greve por tempo indeterminado e 30 mil ficam sem aulas

Gabriel Maymone
Professores e servidores saíram em passeata após aprovarem a greve, na última quarta-feira (16) (Foto: Divulgação)Professores e servidores saíram em passeata após aprovarem a greve, na última quarta-feira (16) (Foto: Divulgação)

Greve por tempo indeterminado dos professores e servidores do administrativo da educação deixa 30 mil alunos sem aulas nesta segunda-feira (21), em Dourados – distante 233 quilômetros de Campo Grande. A cidade tem 45 escolas e 36 Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal).

A paralisação foi marcada na quarta-feira passada (16), após várias tentativas de negociação com o Executivo. Em nota, a prefeitura lamentou a decisão da categoria e informou que "exauriu todos os limites possíveis de negociação".

Já o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) alega que o Executivo não apresentou nenhuma proposta de reajuste, apesar de a negociação se arrastar desde maio. Os educadores argumentam também que houve redução de salários e corte de direitos.

Assembleia está marcada para esta manhã na sede do Simted para tratar sobre a decisão judicial que obriga a categoria a manter pelo menos dois terços dos professores em sala.

Reivindicações – A categoria pleiteia reajuste de 7,64%, referente a correção do piso nacional do Magistério e do grupo de efetivos administrativos, realização de concurso para os administrativos e o pagamento do difícil acesso aos trabalhadores em educação.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions