A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

22/07/2016 06:50

Quatro cachorros ficam feridos ao tentar atacar porco-espinho

Renata Volpe Haddad
Cachorro ficou com espinhos no focinho, língua e céu da boca. (Foto: Coxim Agora/ Maikon Leal)Cachorro ficou com espinhos no focinho, língua e céu da boca. (Foto: Coxim Agora/ Maikon Leal)

Quatro cães de guarda das raças Rottweiler, Pastor Alemão, Box e Fila atacaram um porco-espinho e ficaram com os focinhos, línguas e pata cheios de espinho, na noite de quarta-feira (20), nas dependências de uma metalúrgica, localizada às margens da BR-163, em Coxim, distante 260 km de Campo Grande.

Segundo informações do site Coxim Agora, os animais ficaram com os focinhos, patas, peitos, línguas e céu da boa completamente cheios de espinhos após avançarem no animal silvestre que não foi localizado.

O dono do local contou que saiu às 20h e quando retornou se deparou com os cães Paloma, Shayene, Tayson e Max no portão do estabelecimento feridos com os espinhos. 

O médico veterinário, Antônio Carvalho Junior, foi chamado e precisou anestesiar os cachorros para conseguir retirar os espinhos que mediam até 8 cm. Após o procedimento de retirada, os cães foram medicados com anti-inflamatório e passam bem.

De acordo com veterinário, os casos de cães feridos em ataques a esses animais em áreas próximas a cidade, é decorrência da ação do homem que interfere no seu habitat natural, principalmente com queimadas, e desmatamento.

Foi preciso dar anestesia para retirar os espinhos que mediam 8 centímetros. (Foto: Coxim Agora/ Maikon Leal)Foi preciso dar anestesia para retirar os espinhos que mediam 8 centímetros. (Foto: Coxim Agora/ Maikon Leal)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions