A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

02/12/2015 10:28

Reinaldo promete construir hospital e padre que fez cobrança agradece

Governador espera empenho de R$ 20 milhões do Ministério da Saúde para abrir licitação do Hospital Regional de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo Azambuja disse que projeto original do Hospital Regional passou por alterações (Foto: Eliel Oliveira)Reinaldo Azambuja disse que projeto original do Hospital Regional passou por alterações (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse nesta terça-feira em Dourados, a 233 km de Campo Grande, que aguarda a liberação de uma verba de R$ 20 milhões do Ministério da Saúde para abrir a licitação para construção do Hospital Regional da cidade.

A obra chegou a ser iniciada no governo anterior, mas foi paralisada em janeiro. Na época, Reinaldo afirmou que seu antecessor, André Puccinelli (PMDB), lançou a obra, mas cancelou o empenho dos recursos.

Segundo o governador, o projeto original passou por algumas adaptações, mas o hospital será construído no mesmo local onde foi iniciado, em um terreno na saída para Ponta Porã, doado por um empresário local.

Padre agradeceu – Em junho deste ano, ao participar da missa de reinauguração da catedral de Dourados, Reinaldo foi cobrado em público pelo padre Crispim Guimarães, que aproveitou o sermão para defender a construção do hospital. Ontem à noite, na abertura da programação de Natal “Dourados Brilha”, na Praça Antonio João, o padre voltou a falar sobre o caso e agradeceu ao governador, que havia lhe informado pouco antes sobre a retomada da obra.

Reinaldo disse que aguarda o empenho por parte do Ministério da Saúde de uma verba de R$ 20 milhões para iniciar a licitação e após o processo retomar as obras do hospital, projetado para atender Dourados e outros 32 municípios da região.

“O governo passado tinha mandado uma carta para o Ministério da Saúde abrindo mão de uma emenda colocada pelo ex-deputado Marçal Filho, mas estamos tentando recuperar, com apoio de toda a bancada. O ministro se comprometeu a recuperar os R$ 20 milhões daquela emenda e nós esperamos que esse contingenciamento que foi anunciado não prejudique a liberação”, afirmou Reinaldo.

O governador disse que o custo da construção do hospital, sem contar os equipamentos, deve chegar a R$ 45 milhões – R$ 20 milhões do Ministério da Saúde e R$ 25 milhões em recursos públicos do Estado. Segundo ele, também já foram garantidos R$ 4 milhões, através de emenda do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), para construção de um centro de diagnóstico anexo ao futuro hospital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions