A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

09/08/2017 08:41

Réus pelo assassinato de radialista são condenados a 16 e 19 anos de prisão

Crime foi executado no dia 5 de agosto de 2015

Gabriel Maymone
Mauro Queiroz Cárceres e Alison Roberto Carvalho Navier foram condenados ontem (Foto: Umberto Zum)Mauro Queiroz Cárceres e Alison Roberto Carvalho Navier foram condenados ontem (Foto: Umberto Zum)

O Tribunal do Júri realizou, ontem (08), o julgamento de dois acusados pelo assassinato do radialista Ailton Ferreira de Oliveira, 35, conhecido como "Verdinho", ocorrido no dia 5 de agosto de 2015, em Itaquiraí - distante 410 quilômetros de Campo Grande.

Mauro Queiroz Cáceres, 27, e Alison Roberto Carvalho Navier, 24, foram condenados a 16 e 19 anos de prisão, respectivamente. O terceiro envolvido no crime, Paulo Sérgio Vieira, 26, havia sido julgado em fevereiro e pegou pena de 19 anos de prisão.

A investigação concluiu que Paulo foi o autor dos cinco tiros que provocaram a morte do radialista. Alison é apontado como o mandante e Mauro teria dado suporte para a fuga após o crime.

Ailton Ferreira de Oliveira, o Verdinho, foi assassinado com cinco tiros na noite do dia 5 de agosto de 2015 (Foto: Arquivo pessoal)Ailton Ferreira de Oliveira, o "Verdinho", foi assassinado com cinco tiros na noite do dia 5 de agosto de 2015 (Foto: Arquivo pessoal)

Caso - Ailton trabalhava como locutor na rádio Vale Azul FM e foi morto depois de ser atingido por cinco tiros em frente da casa onde morava.

Um mês após o assassinato, a Polícia Civil analisou as ligações telefônicas da vítima e chegou até os três autores do crime, que moram em Naviraí, cidade vizinha a Itaquiraí.

As investigações apontaram que Alisson pagou R$ 15 mil a Paulo e Mauro pela execução do radialista. Os motivos do crime não foram revelados pelos acusados, mas suspeita-se que tenha relação com notícias de roubos divulgadas na época pelo radialista.

Homem é morto com quatro tiros por dupla em motocicleta
Homem de 51 anos foi assassinado com pelo menos quatro tiros, na noite desta terça-feira (19), por volta das 19h30, em frente a sua residência, local...
Analista do TJMS é denunciada por esquema de falsificação de documentos
Seis pessoas incluindo uma analista jurídica da 4ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul foram denunciados pelo MPF (Ministério Púb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions