A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/11/2015 16:54

Sanesul anuncia investimento de R$ 201 milhões em esgoto e água tratada

Helio de Freitas, de Dourados
Investimento da Sanesul é feito em redes de água e esgoto em Dourados (Foto: Divulgação)Investimento da Sanesul é feito em redes de água e esgoto em Dourados (Foto: Divulgação)

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) está fazendo investimentos de R$ 201,5 milhões em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O balanço foi feito em reunião do diretor-presidente da estatal, Luiz Rocha, com secretários, vereadores e o vice-prefeito da cidade, Odilon Azambuja (PMDB), na quinta-feira. O secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, também participou.

Segundo Luiz Rocha, os recursos são empregados em ampliação do abastecimento de água e rede de esgotamento sanitário, incluindo serviços já feitos, obras em execução e obras a executar.

"Foi uma reunião muito importante porque explanamos os investimentos que o governo do Estado está executando e os que irá executar na área de saneamento e infraestrutura urbana ", afirmou Luiz Rocha.

O diretor-presidente da Sanesul explicou que após o término das obras, o abastecimento de água será universalizado, com volume produzido de 81,2 milhões de litros por dia, o que representa aumento de 33% da capacidade atual, de 54,9 milhões. A capacidade de reservação será de 23,3 milhões de litros, sendo que hoje a capacidade de armazenamento é de 18 milhões de litros – aumento de 29%.

Esgoto – O investimento vai aumentar a quantidade de ligações de esgoto de 34.421 para 55.876 e a população atendida com coleta e tratamento de esgotos será de 187.200 pessoas. Antes das obras o número de moradores atendidos é de 118.697 pessoas.

Luiz Rocha informou que sendo construída uma nova estação de tratamento de esgotos, a “ETE Ipê”, que aumentará a capacidade de tratamento da cidade em 83%. Com isso, a capacidade de tratamento total será de 530 litros de efluentes por segundo. A previsão é de que até 2019 o índice de cobertura de esgotos em Dourados chegue a 98,31%.

Só para ampliação do sistema de esgotamento o investimento total é de R$ 96.508.694, entre recursos próprios e do governo federal. O investimento na ampliação do sistema de abastecimento de água será de R$ 101 milhões, sendo R$ 17 milhões em recursos próprios e R$ 84 milhões por meio da Caixa Econômica Federal.

Segundo o diretor-presidente, para atingir estes números as principais obras em execução são, além da ETE Ipê, a perfuração de três poços tubulares profundos, quatro reservatórios e construção de 94 mil metros de rede.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions