A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/02/2016 12:19

Sem participação dos lucros, bancários do HSBC protestam por melhorias

Helio de Freitas, de Dourados
Bancários do HSBC retardaram em uma hora abertura de agência em Dourados (Foto: Divulgação)Bancários do HSBC retardaram em uma hora abertura de agência em Dourados (Foto: Divulgação)

Funcionários do HSBC protestaram na manhã de hoje (29) em frente à agência de Dourados, a 233 km de Campo Grande. O dia de luta é nacional, para protestar contra a decisão do banco inglês de não pagar a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e o PPR (Programa de Participação nos Resultados) aos funcionários.

Durante a manifestação organizada pelo Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Dourados e Região, os funcionários retardaram em uma hora a abertura da agência, localizada no cruzamento das avenidas Presidente Vargas e Marcelino Pires.

De acordo com o sindicato, apesar de negar aos bancários o benefício previsto na Convenção Coletiva de Trabalho, o HSBC mantém o pagamento do programa de bonificação aos executivos, “ou seja, nenhuma valorização para quem está na base”.

O HSBC está presente em 531 municípios brasileiros. Conforme o sindicato douradense, o processo de incorporação do banco pelo Bradesco ainda não foi concluído e, apesar de a empresa inglesa ter garantido que não haverá demissões em massa, os 21 mil funcionários do HSBC estão apreensivos.

“O movimento sindical tem reiterado a cobrança pela garantia de emprego e direitos”, afirma Joacir Rodrigues, diretor de imprensa do sindicato.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions