ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 16º

Interior

“Sou filho de suplente de senador”, diz adolescente para escapar de batida

Caso aconteceu durante a madrugada, no Residencial Tulipa, no município distante 233 quilômetros de Campo Gr

Por Viviane Oliveira | 13/06/2021 12:10
Bebidas foram apreendidas pela equipe da Guarda Municipal (Foto: divulgação / Guarda Municipal)
Bebidas foram apreendidas pela equipe da Guarda Municipal (Foto: divulgação / Guarda Municipal)

Para escapar de batida em festa, adolescente de 16 anos disse que não poderia ser “preso” pois era filho de suplente de senador. O caso aconteceu na madrugada deste domingo, no Residencial Tulipa, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, a Guarda Municipal foi acionada para atender ocorrência de festa clandestina e aglomeração de pessoas no apartamento 11 do condomínio. No local, foram encontrados 11  jovens que consumiam bebida alcoólica e compartilhavam narguilé. Além do som alto, os participantes não usavam máscaras e não respeitavam distanciamento.

Duas mulheres se identificaram como moradoras do apartamento e organizadoras da festa. Indagadas sobre as bebidas, disseram que os produtos foram comprados pelos convidados que levaram seu Kit festa. Durante a batida e a identificação dos participantes, o adolescente de 16 anos disse para o comandante da operação que não podia ser preso, pois era filho do suplente ao senado.

Segundo o garoto, consumiu bebida alcoólica, se negou a dizer quem havia fornecido e que antes de ir para a festa tinha bebido em casa com os amigos na presença de seu pai. Outro adolescente também foi localizado, mas disse que não bebeu porque sua garganta estava irritada. Todos os envolvidos foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para prestar esclarecimento.

No local, foram apreendidos 29 latas e garrafas de cerveja, narguilé, três garrafas de vodca e dois energéticos. O Campo Grande News não divulgou o nome do suplente, seguindo determinação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), para não identificar o adolescente. Mesmo com bandeira cinza (alto grau de contágio), o lockdown decretado no dia 30 de maio acabou ontem no município.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário