ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Interior

"Surdinho" é preso por estuprar menina de 11 anos e ameaçar com facão

Suspeito tem 63 anos, é vizinho da vítima e foi denunciado por irmão, de 8 anos, da menina abusada

Por Ana Oshiro | 24/02/2021 07:02
Pistola e facão foram apreendidas com suspeito de estupro (Foto: Divulgação/PMMS)
Pistola e facão foram apreendidas com suspeito de estupro (Foto: Divulgação/PMMS)

Homem de 63 anos foi preso em Maracaju, a 160 km de Campo Grande, após passar a mão no órgão genital de uma menina de 11 anos e por posse de uma arma de fogo que foi usada para ameaçar a família da vítima.

De acordo com a PM (Polícia Militar), a mãe da menina ligou para polícia denunciando o homem, que é conhecido pelo apelido de "Surdinho", por abusar da criança. Ambos moram em barracos no pátio da antiga estação da cidade.

Em depoimento, a mulher contou que estava dormindo dentro do barraco onde mora, quando acordou com o filho, de 8 anos, gritando "sai daqui, sai daqui". Ao ir para o quintal, onde os dois filhos brincavam na piscina, o menino disse que "o Surdinho passou a mão na perereca da maninha".

Furiosa, a mulher deu alguns socos em "Surdinho", que foi embora para casa, mas, alguns minutos depois, com um facão na mão, ele voltou ao barraco da vítima e ameaçou a mulher e as crianças.

"Surdinho" foi encontrado no barraco que mora e, durante buscas policiais, a equipe encontrou o facão usado para a ameaça e também uma pistola calibre 22, com carregador e duas munições.

Ele foi preso suspeito de estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo. O caso foi registrado no último fim de semana, mas só foi divulgado nesta terça-feira (23).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário