A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

13/09/2018 08:15

Suspeito de duplo homicídio presta depoimento e é liberado

O crime aconteceu no Bar Esquinão, no assentamento Carlos Roberto Soares de Melo, em Sonora

Viviane Oliveira
Rua onde ocorreu o crime na noite de domingo (Foto: MS Notícias) Rua onde ocorreu o crime na noite de domingo (Foto: MS Notícias)

Suspeito de cometer duplo homicídio no domingo (9) para vingar a morte do filho, Antônio - conhecido como Toninho Baiano - se apresentou à Polícia Civil nesta quarta-feira (12) e foi liberado após prestar depoimento, em Sonora, 364 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site Edição MS, o delegado Daniel Luiz da Silva, responsável pelas investigações, confirmou as informações, mas não quis dar detalhes sobre o caso.

O crime aconteceu no Bar Esquinão, no assentamento Carlos Roberto Soares de Melo. Na ocasião morreram: Marcos Antônio da Silva, 22 anos, filho de Antônio, Elzo Batista do Reis, 31 anos, e a namorada dele, Evelyn Pereira Vieira, 17 anos.

Conforme a Polícia Civil, os envolvidos consumiam bebida alcoólica no estabelecimento, quando Elzo e Marcos iniciaram uma discussão. Descontrolado, Elzo dizia que era integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) e mataria quem ele quisesse. Na sequência, Evelyn, namorada de Elzo, sacou revólver calibre 38 e atirou na cabeça de Marcos.

Revoltado com a situação, Antônio sacou uma pistola e atirou contra o casal. Os dois foram atingidos na cabeça. Marcos Antônio chegou a ser socorrido pelo pai, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Rachid Saldanha Derzi. 

Elzo, que morreu no local, era de Coxim e morava há seis meses, aproximadamente, no assentamento. Já Evelyn foi socorrida, mas não resistiu. O caso está sendo investigado pela delegacia da cidade. O motivo da confusão não foi divulgado. Antônio havia fugido após o crime. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions