A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/10/2016 18:03

Suspeito de ordenar emboscada a político de MS é preso no Paraguai

Fernanda Yafusso
Carlos Sánchez foi preso na tarde desta quarta-feira (Foto: ABC Color)Carlos Sánchez foi preso na tarde desta quarta-feira (Foto: ABC Color)
Momento em que supostamente Sánchez aparece no vídeo (Foto: ABC Color)Momento em que supostamente Sánchez aparece no vídeo (Foto: ABC Color)

A polícia paraguaia prendeu na tarde desta quarta-feira (5) Carlos Rubén Sánchez, suplente de deputado do Partico Colorado do Paraguai. Ele é suspeito de ordenar ameaça armada contra Rudi Paetzold (PMDB), prefeito eleito do município sul-mato-grossense de Coronel Sapucaia, localizado na região de fronteira, a 400 km de Campo Grande.

Segundo informações do jornal ABC Color, Sánchez foi preso quando visitava o traficante brasileiro Jarvis Chimenes Pavão, condenado no Paraguai por narcotráfico. Conforme a mesma fonte, o suplente de deputado, conhecido como "Cicharon", estava com mandado de prisão em aberto por ter participado da ameaça, na semana passada, contra o prefeito eleito.

Em um vídeo divulgado na internet, e que pode ser conferido na íntegra logo abaixo, é possível ver homens armados com pistolas ameaçando o político brasileiro. Enquanto, de dentro do carro, Rudi ao lado de familiares, reage dizendo “atira, atira”.

Informações locais relatam que os pistoleiros teriam fechado o carro a mando de "Chicharon" e ameaçado o atual prefeito eleito. A emboscada teria motivação política.

Ainda segundo o jornal paraguaio, a prisão de Carlos Sánchez ocorreu para que ele pudesse esclarecer à polícia local o que ocorreu exatamente no momento em que o vídeo foi gravado.

Sánchez foi levado para a cidade de Capitan Bado, fronteriça a Coronel Sapucaia, para prestar esclarecimentos sobre o caso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions