A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/04/2016 16:21

Suspeitos de atirarem em comerciante durante assalto se entregam à polícia

Os dois rapazes que assaltaram empresa na quarta-feira e atiraram em uma comerciante de Dourados estão sendo ouvidos na delegacia

Helio de Freitas, de Dourados
Os dois acusados se apresentaram com advogado (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Os dois acusados se apresentaram com advogado (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

Daniel Roth da Silva e Jonas Humberto Teixeira Silva, ambos com 19 anos de idade, se apresentaram há pouco na 1ª Delegacia de Polícia de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Eles são suspeitos de assaltarem uma refrigeração na manhã de quarta-feira (30) na Rua Bela Vista, no Jardim São Pedro. No roubo, a comerciante Maria Sidney Cajueiro dos Santos Sato, 42, foi ferida por um dos assaltantes com dois tiros no peito e continua hospitalizada.

Desde a tarde de quarta-feira, policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) fazem vigilância constante em residências onde eles poderiam estar escondidos, tanto em Dourados quanto em Itaporã, onde moram atualmente.

Ontem a polícia divulgou as fotos dos acusados e pediu apoio da população para localizá-los. Como sabiam que não conseguiriam escapar do cerco, os dois decidiram se entregar.

O Campo Grande News apurou que o delegado do SIG, Mateus Zampieri, já pediu a prisão preventiva dos acusados entende que eles ainda estão em situação de flagrante, uma vez que a polícia mantinha o cerco desde o dia do crime.

Daniel e Jonas estão sendo ouvidos pelo delegado na 1ª DP. A comerciante continua internada na UTI do Hospital da Vida e reage bem ao tratamento.

Além de Maria Sato e seu marido, o proprietário da empresa Tec Frezzer, Toyoshi Sato, 49, estavam no local no momento do crime dois funcionários e o filho do casal, de 19 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, Maria tentou tomar a arma de um dos criminosos e foi atingida por dois tiros disparados a curta distância. Ao ver a mulher ferida, Toyoshi Sato entrou em luta corporal com o assaltante, mas a pedido do filho soltou o bandido e os dois criminosos fugiram levando apenas telefones celulares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions