ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Tiroteio em área de confronto deixa segurança e dois índios feridos

Troca de tiros ocorreu em um dos sítios ameaçados de invasão desde outubro de 2018 na região oeste do município de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados | 03/01/2020 11:47
Segurança ferido em confronto com índios no momento em que chegava ao hospital em ambulância do Samu (Foto: Adilson Domingos)
Segurança ferido em confronto com índios no momento em que chegava ao hospital em ambulância do Samu (Foto: Adilson Domingos)

Confronto envolvendo entre índios e seguranças deixou pelo menos três pessoas feridas a tiros na manhã desta sexta-feira (3) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A área perto da Avenida Guaicurus, na região oeste do município, é formada por sítios e fazendas cercados por índios desde outubro de 2018. Os proprietários mantêm seguranças particulares para impedir as invasões e já ocorreram vários conflitos envolvendo índios, sitiantes e policiais.

Nesta manhã, houve novo confronto com troca de tiros. Há relatos de que pelo menos 40 índios e vários seguranças se envolveram na briga. Um segurança ainda não identificado foi ferido a tiros e socorrido pelo Samu (Serviço Móvel de Urgência).

O Samu também socorreu os índios Modesto Fernandes, 47, que levou um tiro no rosto e está em estado grave, e Gabriel Vasque, ferido com tiro na perna. Existe informação de que há outro indígena baleado no peito, mas ele ainda permanece no local do confronto.

Policiais militares e homens do Corpo de Bombeiros estão no local onde houve a troca de tiros. Há informação de que após o confronto um incêndio atinge a vegetação nos arredores. Um sitiante relatou ao Campo Grande News que foram os índios que começaram a atirar. (Colaborou Adilson Domingos)

Índio com ferimento na perna após confronto com seguranças (Foto: Adilson Domingos)
Índio com ferimento na perna após confronto com seguranças (Foto: Adilson Domingos)
Nos siga no Google Notícias