ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Traficantes são presos com cocaína avaliada em R$ 700 mil

Dois dos presos já eram monitorados por tornozeleira eletrônica

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 15/09/2021 21:29
Traficantes deitados no chão diante da droga avaliada em R$ 650 mil. (Foto: Divulgação)
Traficantes deitados no chão diante da droga avaliada em R$ 650 mil. (Foto: Divulgação)

Sete traficantes foram presos com carga de cocaína e pasta base avaliada em R$ 700 mil, durante operação de combate ao tráfico de drogas nesta quarta-feira (15), em Corumbá, cidade a 419 quilômetros de Campo Grande. Cinco suspeitos foram encontrados em uma residência no Bairro Aeroporto.

A residência estava sendo monitorada pelos policiais da Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira), que apuravam indícios de que o endereço estava sendo utilizado por fornecedores de drogas na cidade. A suspeita se confirmou por volta das 13h30, quando os agentes abordaram dois homens que chegaram ao endereço em uma motocicleta Suzuki, com placas da Bolívia.

Os dois suspeitos, um de nacionalidade boliviana e outro brasileiro, confessaram que haviam atuado como batedores de uma carga de pasta base de cocaína, a qual foi descarregada na residência monitorada. Os policias então entraram no imóvel, onde prenderam mais dois bolivianos e um brasileiro, além de apreender 44,9 quilos de pasta base de cocaína, droga avaliada em R$ 650 mil.

Os dois brasileiros presos, já eram monitorados por tornozeleira eletrônica em razão de condenação por tráfico de drogas. Em depoimento, os cinco flagrados disseram que apenas guardavam a droga, para os verdadeiros donos da droga que moravam na Bolívia.

Em continuidade às ações da operação “Branca Pura”, por volta das 18h os policiais da Defron abordaram um Gol na área central da cidade, cujo motorista era investigado por tráfico de drogas. Ele estava acompanhado de um paulistano e dentro do carro, os policiais encontraram um tablete de cocaína e um de pasta base de cocaína, droga avaliada em mais R$ 50 mil.

Questionados, os dois suspeitos alegaram não saber “como a droga foi parar no automóvel”. Os sete presos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, tiveram as suas prisões preventivas representadas pela delegacia e os dois automóveis utilizados no tráfico também foram apreendidos.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário