A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

26/12/2017 11:02

Três dias de chuva deixa estragos e pelo menos 60 casas inundadas

Leonardo Rocha
Três dias de chuva deixa estragos e pelo menos 60 casas inundadas

Após três dias de chuva intensa na cidade de Porto Murtinho, que fica a 431 km da Capital, mais de 60 casas ficaram alagadas no município, no bairro Cohab. Os moradores estão retirando eletrodomésticos e buscando ajuda, antes de levantar os prejuízos. O Corpo de Bombeiros e Polícia Militar Ambiental estão em ação na região.

De acordo com informações apuradas, já choveu mais de 300 milímetros neste últimos três dias, começando na sexta-feira (22). Muitos bairros na cidade estão com as ruas alagadas, deixando inclusive muitas casas sem energia.

Alguns moradores que tiveram a casa alagada, como no bairro Cohab, tiveram que retirar móveis e eletrodomésticos do local, para evitar mais estragos e prejuízos. A informação apurada é que apenas de ontem (25) para hoje (26), choveu 80 milímetros de água e ainda não parou.

Segundo a previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a cidade vai seguir com tempo nublado durante todo o dia, com pancadas de chuva acentuadas no período da tarde. A temperatura deve ficar em 25°C (mínima) e 30° (máxima), com umidade relativa do ar variando entre 55% e 90%. Já os ventos seguem fracos e moderados.

 

Bombeiros e policiais ambientais estão ajudando nas remoções (Foto: Toninho Ruiz)Bombeiros e policiais ambientais estão ajudando nas remoções (Foto: Toninho Ruiz)

História - O município de Porto Murtinho, que fica na fronteira com o Paraguai, é conhecido por ser uma das poucas cidades no mundo que tem uma estrutura formada por dique, que foi construído e inaugurado em 1985.

Desde a fundação da cidade em 1912, uma sequencia de enchentes de grandes proporções mudou a vida da população e ao revirar os baús, descobrimos que o registro de um tornado e de mortos em naufrágios não é inédito, apesar da memória oficial ser falha.

Entre 1970 a 1990, enfrentou quatro enchentes, sendo a maior delas em 1982, quando a população se mudou para o quilômetro 6 e foi formada a Cidade de Lona.

Colaborou com a reportagem Toninho Ruiz

Moradores tiveram casas alagadas na cidade (Foto: Toninho Ruiz)Moradores tiveram casas alagadas na cidade (Foto: Toninho Ruiz)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions