A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/08/2016 18:27

União corta repasse, e obra em destino do ecoturismo segue interrompida

Anny Malagolini

A obras de pavimentação asfáltica da rodovia MS-382, entre Bonito e a Serra da Bodoquena, principais pontos do ecoturismo em Mato Grosso do Sul, teve sua paralisação prorrogada. Sem repasses do Ministério do Turismo, o empreendimento que estava em andamento desde 2014, está sem data para ser concluído.

Quando a obra foi lançada, há dois anos, por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), a promessa era de que a obra ficaria pronta ainda naquele ano. Estavam previstos investimentos de R$ 23,7 milhões, do Ministério do Turismo, por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), sendo R$ 2,1 milhões do governo estadual.

De acordo com publicação do Diário Oficial do Estado, desta segunda-feira (22), a 2º etapa da obra – extensão de 23,2 quilômetros - foi paralisada devido a falta de de repasses da União, que não tem cumprido com seu compromisso.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Estado, o Ministério do Turismo que não realizou nenhum aporte e a obra só teve uma medição realizada em dezembro do ano passado, cujo valor foi de R$ 56.559,35, pago pela administração de Mato Grosso do Sul. O governo federal não informou o motivo do não pagamento do projeto. 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions