A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

16/09/2019 20:21

Usina é multada em quase meio milhão por incêndio em 441 hectares

Chamas devastaram lavoura de cana, pastagem e área protegida de reserva legal

Adriano Fernandes
Área que foi devastada pelas chamas do incêndio. (Foto: Divulgação/PMA) Área que foi devastada pelas chamas do incêndio. (Foto: Divulgação/PMA)

Uma usina de produção de açúcar e álcool em Nova Alvorada do Sul – cidade a 120 quilômetros de Campo Grande - foi multada em R$ 496 mil pelo incêndio em uma área de 441,52 hectares.Os incêndios foram causados propositalmente em duas das fazendas da usina, que não tinha autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima. 

O caso era investigado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) desde o dia 8, quando ocorreu o incêndio. Nesta data também já estava em vigor a norma que proíbe qualquer tipo de queima controlada até o fim do mês de setembro. As equipes foram ao local no dia seguinte ao incêndio e em outros dias, devido à grande extensão do incêndio e concluíram hoje (16) os levantamentos, que indicaram que o incêndio ocorreu todo em duas propriedades rurais arrendadas da usina sucroenergética.

Os policiais constataram que o incêndio atingiu 254,47 hectares de lavoura de cana-de-açúcar; 179,7 hectares de área de pastagem e, inclusive, o fogo se espalhou por uma área de vegetação nativa de 7,35 hectares de área protegida de reserva legal, em uma das duas fazendas arrendadas pela empresa.

Depois da vistoria e todos os levantamentos, a empresa infratora foi autuada administrativamente hoje (16) e foi multada em R$ 496 mil. Os responsáveis pela usina estão sendo notificados da responsabilidade pela infração. A partir de notificada, a empresa terá direito a ampla defesa junto ao órgão ambiental estadual (Imasul).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions