A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

30/09/2013 14:51

Vendaval e granizo causam danos para 200 famílias em três cidades

Edivaldo Bitencourt
Casa ficou totalmente destruída com chuva de granizo na madrugada (Foto: Divulgação)Casa ficou totalmente destruída com chuva de granizo na madrugada (Foto: Divulgação)

Três municípios de Mato Grosso do Sul foram atingidos pelo temporal, com ventos fortes e chuva de granizo, na madrugada desta segunda-feira (30). Cerca de 200 famílias tiveram as casas atingidas em Tacuru, Paranhos e Ponta Porã, todos na fronteira com o Paraguai. A Defesa Civil levanta os estragos e pode sugerir a decretação de situação de emergência para agilizar no socorro às vítimas.

Segundo o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Ociel Ortiz Elias, só houve estragos nos três municípios. Em Paranhos, pelo menos oito casas foram danificadas pelo temporal.

De acordo com o site Tacuru Agora, o vendaval teve rajadas de até 40 km/h no município. Placas de sinalização foram danificadas e árvores foram arremessadas em vários locais. Na zona rural o assentamento que mais foi castigado pelas chuvas foi o Água Viva, onde vivem mais de 500 famílias. Moradores relataram que telhados inteiros foram arrancados pelo vento.

As escolas suspenderam as aulas já que o transporte dos alunos ficou prejudicado. As salas de aula foram alagadas pela água da chuva na madrugada. O prefeito municipal Paulo Pedro Rodrigues, está acompanhando todo trabalho do departamento de defesa civil e disse que está contabilizando as famílias que sofreram com o temporal.

Além do vendaval e da chuva de granizo, Tacuru registrou 70 milímetros de chuvas em 10 minutos, segundo o Tacuru Agora.

Imensa camada de gelo se formou na zona rural de Paranhos (Foto: Divulgação)Imensa camada de gelo se formou na zona rural de Paranhos (Foto: Divulgação)
Moradores brincam com camada de gelo que se formou às margens de rodovia estadual (Foto: Divulgação)Moradores brincam com camada de gelo que se formou às margens de rodovia estadual (Foto: Divulgação)

Calamidade – Em Paranhos, a 469 quilômetros de Campo Grande, a chuva de granizo destruiu o telhado de oito residências, segundo o coronel Ociel. A Prefeitura ainda está levantando os estragos, que foram maiores na zona rural, como os assentamentos São Cristovão e São Vicente de Paula.

“Com meus quase 60 anos, nunca vi algo assim”, admirou-se o proprietário de uma chácara a três quilômetros de Paranhos, José Xavier, em entrevista à assessoria do município. “Era madrugada e acordei com o barulho dos animais e da chuva que caía com um volume de ‘pedras’, que nunca tinha visto antes, acabou com minha casa, com a tulha, matou animais, destruiu as plantas em fim, foi muito assustador”, comentou.

O dono da Chácara Santa Rita, José Júlio de Oliveira, afirmou que o vendaval e a chuva de granizo destruíram parte da residência. Às margens da MS-295, moradores se divertiam com a imensa camada de gelo que se formou no local.

O prefeito Júlio César de Sousa (PDT) determinou que seja dada prioridade no levantamento dos estragos e tomar as medidas para ajudar as famílias. Vários secretários percorreram as casas atingidas pelos estragos. A horta municipal teve 22 canteiros de verduras destruídos pela chuva de granizo.

Morador de Tacuru recolhe monte de pedras que caíram na madrugada (Foto: Tacuru Agora)Morador de Tacuru recolhe monte de pedras que caíram na madrugada (Foto: Tacuru Agora)
Vento forte derrubou placa de sinalização em área rural de Tacuru (Foto: Tacuru Agora)Vento forte derrubou placa de sinalização em área rural de Tacuru (Foto: Tacuru Agora)

Ponta Porã – Em Ponta Porã, segundo o coordenador municipal da Defesa Civil, Mauro Camargo, pelo menos 170 casas foram danificadas pelo vendaval e pela chuva de granizo. As áreas mais atingidas foram o distrito de Sanga Puitã, o Assentamento Itamarati e o bairro Alto da Glória.

Ele disse que continua chovendo na cidade e as famílias vão recebe lonas para cobrir as casas até a troca do telhado. A maior parte das casas teve o telhado furado pela chuva de granizo.

Briga em partida de sinuca acaba com um homem esfaqueado
Homem de 35 anos foi esfaqueado após se envolver em uma briga durante um jogo de sinuca, na noite de sábado (24), por volta das 19h, em um bar locali...
Ladrões roubam carreta e obrigam caminhoneiro a dormir em matagal
Um caminhoneiro de 41 anos teve a carreta roubada na noite de sábado (24) na BR-163 em Rio Verde de Mato Grosso, a 207 km de Campo Grande. Segundo o ...
Após denúncia de ameaça e agressão, polícia apreende arma na casa de suspeito
Policiais militares apreenderam uma espingarda na casa de um homem de 49 anos, que é suspeito de tentar agredir e ainda ameaçar a própria esposa de m...



Em Bela Vista, na BR 060 (Bela Vista-Jardim), na altura do KM 15, uma "faixa" de ventos fortes derrubou árvores e arrancou parte da cobertura do mangueiro de uma fazenda. O vento soprou do sentido poente/nascente, justamente em direção a Ponta Porã.
 
Ronaldo Pissurno em 30/09/2013 20:30:28
Esse vendaval e granizo causou muito estrago mesmo, no meu bairro Silvia Regina, meus vizinhos foram muito prejudicados....e ate precisando de ajuda
 
Silvana Aranda em 30/09/2013 16:25:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions